ASSINE
Bastidores e informações exclusivas e relevantes sobre os negócios e a economia do Espírito Santo

Com o objetivo de reindustrializar o ES, novo Funres vem aí

Bandes vai usar estratégia semelhante à criada nos anos 70 para salvar a economia capixaba da política de erradicação dos cafezais

Publicado em 13/05/2022 às 04h30
Indústria - construção
Crédito: Carlos Alberto

O Bandes quer colocar de pé até junho um fundo que terá como meta tirar grandes empreendimentos privados do papel. A intenção é alavancar o que o presidente do Bandes, Munir Abud, chama de "reindustrialização do Espírito Santo". O primeiro edital deve colocar na praça R$ 250 milhões. Anualmente uma nova rodada de pelo menos R$ 250 milhões será lançada. Os recursos serão oriundos do Fundo Soberano do Estado.

O fundo da reindustrialização, que ainda não tem nome oficial, vai usar de uma estratégia conhecida no Estado: a emissão de debêntures (títulos privados de dívida) conversíveis em ações da empresa tomadora do recurso. O Bandes vai comprar esses títulos. É o mesmo mecanismo do antigo Funres (Fundo de Recuperação Econômica do Espírito Santo), criado em 1970 pelo governo federal para compensar o Estado dos impactos da política de erradicação dos cafezais, estabelecida no final da década anterior.

Depois de aprovado pelo conselho do Fundo Soberano, será feita uma chamada pública e os projetos apresentados vão ser analisados pelo banco. Serão levados em consideração o peso estratégico do empreendimento, impacto no desenvolvimento regional e na geração de emprego e renda. As taxas de juros e o volume de recursos a serem aportados na compra das debêntures de uma determinda empresa ainda estão sendo fechados, mas é certo que, até pelo propósito do fundo (tirar grandes empreendimentos privados do papel), os aportes poderão superar os R$ 100 milhões.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Economia Espírito Santo Bandes indústria Investimento

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.