ASSINE

Você sabe quem é o homem que aparece no Brasão da Polícia Militar?

O distintivo foi desenvolvido em 1969 e cada um dos itens no brasão da polícia militar do ES tem um significado

Publicado em 03/04/2018 às 17h26
Atualizado em 30/09/2019 às 15h47

Cada estado brasileiro tem um brasão próprio para a Polícia Militar local. E, no Espírito Santo, a figura que mais chama atenção é de um homem de cabelos compridos. Ela representa Tiradentes, grande personagem da Inconfidência Mineira que é também o patrono das polícias militares do Brasil. 

BRASÃO DA POLÍCIA MILITAR
BRASÃO DA POLÍCIA MILITAR. Crédito: Reprodução Internet

Além do Tiradentes, os elementos da Polícia Militar do Espírito Santo são águia, corda, escudo português. Eles possuem origem no distintivo desenvolvido em 1969.

A águia, um dos elementos principais do distintivo, tem sua origem da arquitetura do Palácio Anchieta. O escudo português da PMES representa proteção, zelo pela população capixaba. A águia representa o zelo, a vigília, olhando de cima, sempre atenta para as situações que venham requerer sua atuação. 

Tiradentes, representado no distintivo, é o patrono das polícias Militares do Brasil, e da nação brasileira. Exemplo de luta contra a desigualdade e liberdade. 

As cores têm os seguintes significados:

Amarelo: representa a nobreza da atividade desenvolvida, proteção ao cidadão

Azul: representa justiça, serenidade no agir

Branco: representa a paz

Vermelho: representa a vida

Veja outros distintivos: 

A Gazeta integra o

Saiba mais
Capixapédia

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.