ASSINE

SP antecipa vacinação de adultos e anuncia doses para adolescentes

Objetivo é terminar de vacinar maiores de 18 anos com ao menos uma dose até 16 de agosto e começar a vacinar adolescentes com comorbidades em 18 de agosto

Publicado em 28/07/2021 às 14h25
Centro de Diagnósticos do ES reúne exames e vacinas no mesmo local
Centro de Diagnósticos Cremasco reúne todos os serviços num só lugar: exames laboratoriais, patologias, exames de imagem e vacina. Crédito: Freepik

O governo de São Paulo decidiu, mais uma vez, antecipar o calendário de vacinação contra a Covid-19. O objetivo é terminar de vacinar toda a população adulta do estado com ao menos a primeira dose de imunizante até o dia 16 de agosto, quatro dias antes do inicialmente previsto, e iniciar a vacinação de adolescentes com idade acima de 12 anos no dia 18 de agosto.

governador de São Paulo, João Doria, disse que essa antecipação do calendário de vacinação será possível porque o estado adquiriu doses extras do imunizante CoronaVac do laboratório chinês Sinovac. Isso também vai depender do envio de mais doses pelo Ministério da Saúde.

A previsão do governo de São Paulo é vacinar os adolescentes com comorbidades, que tenham idade entre 12 e 17 anos, de 18 a 29 de agosto. De 30 de agosto a 5 de setembro serão vacinados adolescentes no geral com idades entre 15 e 17 anos. Já os adolescentes com idades entre 12 e 14 anos, sem comorbidades, serão vacinados a partir do dia 6 de setembro.

Pelo calendário estadual, a previsão é de que pessoas entre 30 e 34 anos sejam vacinadas até amanhã (29). Pessoas entre 28 e 29 anos devem ser vacinadas entre os dias 30 de julho e 4 de agosto e, aquelas com idade entre 25 e 27 anos devem começar a ser vacinadas no dia 5 de agosto. O governo prevê iniciar a vacinação de pessoas entre 18 e 24 anos no dia 10 de agosto, encerrando então a vacinação da população adulta com ao menos a primeira dose.

Apesar desse adiantamento do calendário, a capital paulista ainda sofre com falta de doses para vacinação. Esta semana, a cidade de São Paulo prevê vacinar pessoas com idades entre 28 e 29 anos. A vacinação de quem tem 29 anos já foi iniciada. Mas a prefeitura ainda aguarda a chegada de novas doses para poder confirmar o dia de início da vacinação para o público de 28 anos.

Mais de 35 milhões de doses de imunizantes foram aplicadas em todo o estado e 76% da população com idade acima de 18 anos está imunizada ao menos com a primeira dose. Até agora, 21% da população do estado completou o esquema vacinal.

O governo paulista alerta que uma pessoa só estará protegida contra o novo coronavírus se tomar as duas doses previstas das vacinas CoronaVac/Sinovac/Butantan, AstraZeneca/Oxford/Fiocruz ou da Pfizer/BioNTech ou a dose única prevista na vacina da Janssen.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Ministério da Saúde São Paulo (SP) Coronavírus Adolescência Vacinas contra a Covid-19

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.