ASSINE

OAB vai debater gestão de Bolsonaro na pandemia de Covid-19

Desde a redemocratização, a OAB pediu a cassação dos ex-presidentes Fernando Collor, Dilma Rousseff e Michel Temer

Publicado em 06/03/2021 às 19h33
Felipe Santa Cruz, presidente da OAB
Felipe Santa Cruz, presidente da OAB. Crédito: Reprodução Twitter

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, vai convocar para a próxima terça-feira (09) uma sessão extraordinária do conselho da entidade para discutir a gestão do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na pandemia do novo coronavírus. A próxima reunião do colegiado estava prevista para o dia 17, mas o encontro foi antecipado diante dos pedidos da cúpula da OAB para pautar o assunto.

"Há muita pressão de conselheiros e ex-presidentes por medidas duras contra o governo Bolsonaro", disse Santa Cruz ao Estadão. O impeachment do presidente deve ser debatido na sessão. O conselho federal da entidade já denunciou o governo à Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH), órgão da Organização dos Estados Americanos (OEA), por "violações" e "omissão" na pandemia.

Desde a redemocratização, a OAB pediu a cassação dos ex-presidentes Fernando Collor, Dilma Rousseff e Michel Temer. Um eventual pedido de impeachment de Bolsonaro se somaria aos mais de 50 requerimentos entregues à Câmara dos Deputados desde o início do mandato do atual presidente, em janeiro de 2019.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.