ASSINE
Oferecimento:
Modo de Visualização:

Campanhas no ES começam com foco nas redes sociais

Além de pedir votos, o plano dos candidatos é apresentar as principais propostas de governo

Publicado em 16/08/2018 às 00h32
Tribunal Regional Eleitoral: campanha começa nesta quinta-feira (16). Crédito: Carlos Alberto Silva
Tribunal Regional Eleitoral: campanha começa nesta quinta-feira (16). Crédito: Carlos Alberto Silva

A campanha eleitoral começa nesta quinta-feira (16) e os seis concorrentes na disputa pelo Palácio Anchieta já estão com as suas estratégias traçadas para os primeiros dias. Nesse momento, os candidatos vão investir nas redes sociais para a apresentar o candidato, suas principais propostas e, sobretudo, pedir votos.

Um exemplo do investimento forte nas redes sociais é a campanha do PSOL, que tem André Moreira como candidato. O partido pretende fazer um "viradão" nas mídias sociais e já começar a pedir votos. A equipe de comunicação do partido está preparando toda a estratégia a ser adotada.

"É propositiva, quase pedagógica. Vamos mostrar o candidato, os principais eixos do plano de governo e informar que o nosso candidato é ficha limpa", informou o PSOL.

Quem também está confiante com a força das redes sociais é a equipe de Aridelmo Teixeira (PTB), mas com uma convergência de mídias. "Vamos ter um papel mais forte na internet, mas não vamos abandonar o impresso, as reuniões e os minicomícios internos", explicou Bete Rodrigues, coordenadora da campanha.

Bete explica que a campanha de Aridelmo vai apostar nos multiplicadores. "Os alunos da Fucape (faculdade particular onde Aridelmo é diretor) estão muito envolvidos também. Nós criamos uma plataforma e muita gente contribuiu para a confecção das propostas de governo. Eles estão vendo a possibilidade da ideia deles chegar ao poder", completou.

As redes sociais também oferecem uma oportunidade para o candidato ouvir o seu eleitor. Essa é a aposta da campanha de Carlos Manato (PSL). Segundo a coordenadora da campanha, Nerissa Neves, o foco é no debate de ideias nas redes. "Vamos também para as ruas ter esse contato direto com o povo. E, sempre que possível, participar de entrevistas para poder apresentar nosso projeto de governo para os capixabas", disse.

Para o primeiro dia de campanha, a candidata do PT, Jackeline Oliveira Rocha, vai investir nas ruas. Segundo ela, seu primeiro ato de campanha será uma reunião da Executiva para definir questões burocráticas, seguida de reuniões com movimentos sociais e de uma plenária para já pedir votos.

Rose de Freitas (Podemos) também vai ter um primeiro dia de reuniões e de divulgação fora da internet. "Panfleto com foto, frase de campanha e número da candidata. No mesmo material, informações sobre os princípios políticos de Rose, as metas do plano de governo", informou a assessoria da candidata.

AGENDAS

Já a campanha de Renato Casagrande (PSB) pretende intensificar as visitas e as conversas com a população na Grande Vitória e no interior, mas usando as redes sociais como suporte. Elas serão usadas para divulgar as agendas, apresentar o que tem sido discutido nas ruas, as propostas de governo e promover o diálogo com os eleitores. "Mais do que só colocar a informação ali, é a interação. As pessoas querem um feedback", afirmou a assessoria do candidato.

Com colaboração de Maíra Mendonça

A Gazeta integra o

Saiba mais
carlos manato psb psl pt renato casagrande Rose de Freitas PTB PSOL

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.