ASSINE

Cuidados com a pele devem ser mantidos no home office

Certos cuidados pessoais devem ser mantidos ainda que não se ponha o pé (e a cara) na rua. Por isso, a rotina de skincare é importante para a aparência e para tratar problemas na pele

Publicado em 16/07/2021 às 15h00
Segundo a dermatologista Karina Mazzini, é fundamental se proteger não só do sol, mas também das luzes de computadores, celulares e TV.
Segundo a dermatologista Karina Mazzini, é fundamental se proteger não só do sol, mas também das luzes de computadores, celulares e TV. Crédito: Freepik

Por causa da pandemia de coronavírus, milhões de pessoas em todo o mundo tiveram que arranjar um cantinho em casa para trabalhar. E mesmo agora que as restrições diminuíram, parece que muitas vão continuar no home office. Já foi um tempo suficiente para aprender que certos cuidados pessoais devem ser mantidos ainda que não se ponha o pé (e a cara) na rua.

Certas formalidades, como salto alto e maquiagem impecável, são até dispensáveis. Mas nada de ficar de pijama o dia inteiro, sem nem pentear os cabelos ou lavar o rosto!

A dermatologista Karina Mazzini lembra que é importante manter uma rotina de skincare mesmo durante o home office e isolamento social. A pele, diz ela, ainda desenvolve necessidades e precisa de cuidados.

Quem já seguia um passo a passo na rotina de skincare, incluindo o filtro solar, deve continuar fazendo tudo igual da porta para dentro. "Primeiro, deve-se lavar bem o rosto com sabonete específico para a pele do rosto e utilizar protetor solar para luz azul. Como atualmente nos colocamos muito expostos a telas é fundamental se proteger, não só do sol, mas também das luzes de computadores, celulares, TV, etc", orienta Karina.

FILTRO SOLAR

Segundo a médica, o uso do protetor solar ainda é imprescindível. "É fundamental que o protetor solar seja reaplicado de duas em duas horas, pois ele vai sendo absorvido pela pele e seu efeito se torna cada vez mais fraco."

A dermatologista Isabella Redighieri defende que ter uma rotina específica para o tipo de pele é muito importante, não somente para uma aparência mais bela, como também para prevenir queixas como acne, manchas, dermatites e até mesmo alguns sinais do envelhecimento.

Mesmo em casa ou no local de trabalho é preciso usar o protetor solar, de acordo com a dermatologista Isabella Redighieri.
De acordo com a dermatologista Isabella Redighieri, mesmo em casa ou no local de trabalho é preciso usar o protetor solar. Crédito: Rawpixel.com/Keerati

E se não há luz solar, há luz azul. Já ouviu falar dela? É a luz emitida pelas telas. "Mesmo em casa ou no local de trabalho é preciso usar o protetor, pois a luz das telas e a luz visível, que é a luz das lâmpadas, podem ser nocivas para a pele", afirma Isabella.

Hoje em dia, diz a médica, há filtros mais resistentes capazes de se fixarem na pele por mais tempo, por exemplo, oito horas. "Quando estamos 'indoor', sem exposição direta ao sol, sem suar ou sem remover o produto do rosto, é possível utilizar o filtro somente pela manhã. Uma dica simples é reaplicar um pó com fator de proteção."

CABELOS

Tem gente que acha que nem precisa lavar mais os cabelos com frequência, já que não está se arrumando para sair. Um erro, de acordo com a dermatologista Karina Mazzini. "O ideal é não ficar mais de três dias sem lavar o cabelo. Portanto, deve-se lavar de duas a três vezes por semana. Se você fica muito tempo sem lavar o cabelo, isso pode alterar o PH do couro cabeludo, deixando-o mais ácido. Caso você lave ele todos os dias é necessário fazer um detox capilar, isto é, fique por uma semana lavando-o menos do que já está acostumada", sugere.

Também não é todo cabelo que precisa ir para o chuveiro todos os dias. "Deve-se lavar o cabelo diariamente apenas quando a pessoa possui sudorese no couro cabeludo. Geralmente, acontece com quem pratica exercícios físicos todos os dias. Para isso, é necessário evitar a água quente nas lavagens. Quem lava os cabelos diariamente sem necessidade pode perder estruturas de proteção importantes que criam um cabelo com brilho, maciez e aspecto saudável", afirma Karina.

Para a dermatologista Karina Mazzini, o ideal é não ficar mais de três dias sem lavar o cabelo.
Para a dermatologista Karina Mazzini, o ideal é não ficar mais de três dias sem lavar o cabelo. Crédito: Anna Bizon/Gpointstudio/Freepik

Isabella Redighieri afirma que atende diversas pessoas com queda dos fios e, muitas vezes, a causa está relacionada ao modo como cuidam dos cabelos. "O couro cabeludo deve estar sempre limpo, sem resíduos de produtos, sem sebo, ou seja, sem oleosidade. A saúde dos cabelos começa pelo couro cabeludo. E esse microambiente deve estar limpo e saudável. Quando o paciente fica dias sem lavar os cabelos, além de acumular sujeiras, há proliferação de fungos que causam dermatites e pioram quadros de queda. Prender ou dormir com os fios úmidos também é prejudicial."

A frequência das lavagens, de acordo com Isabella, depende do tipo de cabelo. "Mas uma dica simples é observar o couro cabeludo: ele não deve ficar muito tempo com aspecto oleoso. Pode-se lavar todos os dias ou em dias alternados. Às vezes até com maior intervalo. Depende mesmo do tipo de cabelo."

Juliana Carriço, 27 anos, é consultora comercial e está trabalhando no esquema híbrido, ou seja, parte em casa e parte na empresa. Apaixonada pelos rituais de skincare, ela não deixa nenhum deles de lado mesmo quando está em home office.

"Estávamos 100% em home-office um tempo atrás, e os cuidados com a pele eu consegui manter! Inclusive, eu amo!", diz ela.

Juliana faz questão de cada etapa de cuidados. "Na minha rotina do dia, eu sempre lavo o rosto com meu sabonete preferido, uso um tônico de rosas que ajuda a acalmar a pele e a tratar inflamações. Logo depois de tonificar, eu gosto de hidratar! Curto demais usar produtos naturais no tratamento, então uso um blend de óleos naturais que ajuda a hidratar e regular a oleosidade sem ressecar! Deixa um viço maravilhoso e ajuda a pele a não produzir tanto. E, para finalizar, o protetor solar, que é parte fundamental desse processo. Uso sempre, não importa se vou passar o dia na frente de uma tela ou se vou me expor ao sol. Dou preferência ao protetor com cor para já uniformizar o tom da pele!", descreve.

Juliana Carriço é apaixonada pelos rituais de skincare e não abre mão dos cuidados mesmo quando está de home office.
Juliana Carriço é apaixonada pelos rituais de skincare e não abre mão dos cuidados mesmo quando está de home office. Crédito: Arquivo Pessoal

ANTES DE DORMIR

E não dá para esquecer o passo a passo final, aquele que é feito antes de ir dormir. Karina Mazzini explica que se deve retirar o excesso de maquiagem antes de tudo e, em seguida, passar um demaquilante em volta dos olhos, para que todo o produto seja retirado. "Após isso, é necessário lavar o rosto, tonificar para retirar as impurezas mais profundas e finalizar com um hidratante próprio para o seu tipo de pele."

Juliana segue a dica à risca. "À noite, eu uso um demaquilante e depois lavo o rosto. Uso o vinagre natural de rosas, que é um tônico de ácidos naturais, ele faz uma super renovação na pele, mas de forma suave. Como tenho a pele sensível, ele é perfeito pra mim. Logo na sequência aplico um blend de óleos para hidratar. E pronto, prontinha para dormir", conta.

A dermatologista Karina Mazzini destaca que é de extrema importância limpar, tonificar e hidratar a pele antes de dormir.
A dermatologista Karina Mazzini explica que antes de dormir é fundamental limpar, tonificar e hidratar a pele. Crédito: Diana.grytsku/Freepik

Ela está certa. Dependendo da época do ano, certos cuidados devem ser adaptados ao clima. "A rotina de skincare deve variar, pois o clima muda. As temperaturas afetam diretamente nossa pele. No calor, a tendência é que a pele fique mais oleosa e no frio mais ressecada", frisa Karina.

Agora no inverno, segundo a dermatologista, o ideal é investir em produtos que protejam a barreira cutânea e mantenham o pH equilibrado. "No frio, fuja de ingredientes como álcool, fragrâncias e detergentes, que tendem a ser ativos que ressecam. E não se esqueça do protetor solar, indispensável em qualquer época do ano", finaliza.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Saúde Bem estar Saúde Home office Pandemia

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.