ASSINE

Capixaba chega a marca de 200 jogos pela seleção brasileira de handebol

Alexandra Nascimento alcançou o feito durante o empate em 24 a 24 do Brasil com o Comitê Olímpico da Rússia neste domingo (25)

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 25/07/2021 às 19h26
Alexandra Nascimento segura camisa do Brasil com seu nome e o número 200
Alexandra Nascimento chegou aos 200 jogos com a camisa da seleção brasileira de handebol. Crédito: Arquivo Pessoal

Além de ter sido um dos destaques da seleção brasileira de handebol no empate em 24 a 24 com o Comitê Olímpico da Rússia na madrugada deste domingo (25), a capixaba Alexandra Nascimento alcançou uma marca significativa. A camisa 3 chegou aos 200 jogos pelo time brasileiro na partida, que foi a estreia da seleção nos Jogos Olímpicos de Tóquio.

Alexandra comemorou a marca nas redes sociais. Em uma postagem no seu perfil oficial no Instagram, a ponta da seleção destacou a marca alcançada e resumiu o sentimento pelos 200 jogos com a camisa do Brasil como "gratidão".

O JOGO

Em jogo equilibrado, o Brasil chegou a ficar na frente na reta final de partida, mas não segurou a vitória até o fim. As brasileiras comemoraram o resultado, já que as adversárias são atuais campeãs da competição. Na Rio-2016, no entanto, competiram sob a bandeira do país. Em Tóquio, uma vez que a Rússia está proibida de competir em grandes eventos esportivos em razão do escândalo nacional de doping, o time disputa a competição como representante de seu comitê olímpico.

Este vídeo pode te interessar

Alexandra Nascimento na estreia da seleção feminina de handebol
Alexandra Nascimento na estreia da seleção feminina de handebol. Crédito: Reprodução SporTV

Além da capixaba, a goleira Babi teve uma grande performance, com nove defesas. Outro destaque do ataque do brasileiro foi Bruna de Paula, com sete gols. O Brasil, campeão mundial em 2014, tenta pela primeira vez uma medalha olímpica. A melhor posição da história foi o quinto lugar conquistado nos Jogos do Rio de Janeiro.

A próxima partida do time brasileiro é contra a Hungria, na segunda-feira (26), às 23h, horário do Brasil. O grupo B é composto por Brasil, Comitê Olímpico Russo, a atual vice-campeã mundial Espanha, França, Hungria e Suécia.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.