ASSINE

Suprema Corte britânica decide que Uber deve pagar benefícios trabalhistas

A corte manteve as decisões de tribunais inferiores que concederam ao grupo de 25 motoristas um tipo de status de emprego no país, com vínculo com a Uber

Publicado em 19/02/2021 às 15h51
Atualizado em 19/02/2021 às 15h51
Aplicativo do Uber vai permitir que usuário opte por não conversar com o motorista
Aplicativo permite corridas nas cidades de boa parte do mundo. Crédito: Uber/ Divulgação

A empresa Uber será obrigada a pagar um salário mínimo e outros benefícios a um grupo de ex-motoristas no Reino Unido, decidiu a Suprema Corte britânica nesta sexta-feira, 19. A corte manteve as decisões de tribunais inferiores que concederam ao grupo de 25 motoristas um tipo de status de emprego no país, com vínculo com a Uber.

A empresa havia recorrido, sustentando que seus motoristas de serviço de automóveis e entrega de alimentos são autônomos, sem direitos trabalhistas.

Embora a decisão de sexta-feira se aplique diretamente apenas aos ex-motoristas do Uber envolvidos, ela abre um precedente potencial para outros no Reino Unido que trabalham para empresas na economia de compartilhamento, no qual os aplicativos distribuem tarefas individuais para um grupo de pessoas que os fabricantes de aplicativos consideram contratantes independentes .

A Uber disse que a decisão não reclassifica automaticamente todos os seus motoristas do e observou que, desde que o caso foi aberto, acrescentou benefícios aos trabalhadores, como seguro por doença e lesões.

"Estamos comprometidos em fazer mais e agora consultaremos todos os motoristas ativos em todo o Reino Unido para entender as mudanças que eles desejam ver", disse Jamie Heywood, chefe regional do Uber para a Europa do Norte e Leste.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Economia Economia Economia Internet Uber Reino Unido Mercado de trabalho

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.