ASSINE

Microsoft encerra atividades do Internet Explorer após 27 anos

O anúncio oficial foi feito em maio de 2021, quando a empresa disse que o IE seria substituído pelo Edge, navegador nativo do Windows 10 e 11

Tempo de leitura: 2min
Publicado em 15/06/2022 às 17h48
Navegador internet explorer
Navegador Internet Explorer foi o principal navegador dos anos 2000. Crédito: Gerd Altmann/Pixabay

Depois de 27 anos, o Internet Explorer (IE) chegou ao fim. A Microsoft vai encerrar o suporte ao principal navegador dos anos 2000 a partir desta quarta-feira (15), quando a empresa passa a se dedicar exclusivamente ao Edge.

Embora o fim do Explorer já fosse esperado desde o lançamento do sucessor, em 2015, a principal evidência só chegou em 2020. Naquele ano, a Microsoft anunciou que produtos como Teams e Office 365 não seriam compatíveis com o navegador antigo.

Contudo, o anúncio oficial foi feito em maio de 2021, quando a empresa disse que o IE seria substituído pelo Edge, navegador nativo do Windows 10 e 11, a partir de 15 de junho de 2022.

"O Microsoft Edge não só é um navegador mais rápido, seguro e moderno que o Internet Explorer, como também é capaz de lidar com uma preocupação importante: a compatibilidade com aplicativos e sites antigos", afirmou a Microsoft em post no blog oficial.

O Edge tem a opção de ativar o modo IE, no qual o usuário navega na internet como se estivesse usando o navegador antigo. Isso permite que sites mais antigos, projetados para o software, sejam acessados.

"Não dá para agradecer o apoio de todos pelo Internet Explorer ao longo dos anos. Muitas pessoas e empresas ao redor do mundo dependeram do IE para ajudá-los a aprender, crescer e conduzir negócios online", disse a empresa.

A última versão do software é o Internet Explorer 11, lançado em 2013, cuja última atualização data de novembro de 2020.

O IE foi lançado em agosto de 1995, ao lado do sistema operacional Windows 95. O produto dominou o mercado até o início dos anos 2010, quando o Google Chrome tomou o posto de navegador mais popular. Por conta dessa hegemonia, o Internet Explorer foi protagonista do início da navegação na internet de muitos usuários.

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais
Internet Microsoft Mundo

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.