ASSINE

Capixaba Guilherme Félix é campeão no Austrália Open de Taekwondo

Com o resultado do fim de semana, o lutador somou pontos para o ranking mundial da modalidade

Publicado em 02/07/2019 às 12h20

O lutador Guilherme Félix foi campeão do Austrália Open 2019 de Taekwondo, nesse fim de semana. Com o resultado, o capixaba ainda somou pontos no ranking mundial da modalidade. Este foi o melhor resultado de Félix no ano. Após conquistar três medalhas de bronze na Bélgica, Bulgária e Espanha, o atleta garantiu o título do Austrália Open após vencer lutadores de Tonga, Polinésia Francesa e Grã-Bretanha.

Guilherme Félix, atleta de taekwondo. Crédito: Divulgação
Guilherme Félix, atleta de taekwondo. Crédito: Divulgação

“Estou em busca do sonho olímpico e esses pontos vão ser importantes para subir mais no ranking e chegar ao Grand Prix do Japão, em setembro. O meu objetivo é sempre olímpico, mesmo estando em segundo na corrida, sei que ainda tenho chances e irei brigar até o final por essa vaga. Sem o Bolsa Atleta, eu não conseguiria fazer essas viagens e já poderia ter dado adeus ao sonho olímpico. Só tenho a agradecer à Sesport”, disse o lutador.

Ainda no taekwondo, outros atletas conquistaram medalhas durante o final de semana, na disputa da 2ª etapa do Campeonato Estadual. Charles Maioli venceu na categoria adulto, até 74 kg;

Gabriel Gobbi, ganhou na juvenil, até 45kg, Iurya Corrêa, foi campeã na categoria adulto -67 kg; e Natally Campos, venceu na até 62 kg. Com os resultados, todos eles garantiram vaga para o Campeonato Brasileiro, que acontece em agosto.

Outras conquistas

Na 2ª etapa do 23º Campeonato Estadual de Karatê, as caratecas Claudina Aguiar, Erika Silva, Raylaine Sara e Thais Muglia também subiram ao pódio. Thais Muglia garantiu dois ouros, no kata, categoria faixa roxa e preta, e kumite, categoria cadete, +54kg; Claudina, no kumite categoria peso pena, -50kg, e Raylaine, no kumite sênior -61 kg, levaram um ouro cada; e Erika foi vice-campeã no kata sub 20.

Já no basquete em cadeira de rodas, o time capixaba Irefes competiu na Copa Patos de Minas e conquistou o terceiro lugar no campeonato, que reuniu times de vários estados brasileiros.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.