ASSINE

Morre motociclista vítima de acidente com caminhão em Anchieta

A colisão aconteceu na manhã desta quinta-feira (8). João Victor Alves, de 25 anos, estava na moto envolvida no acidente e faleceu ainda durante a manhã, após receber atendimento médico

Publicado em 08/07/2021 às 15h02
O acidente foi na ES 060, no trevo de Iriri
Motociclista fica gravemente ferido em acidente em Anchieta. Crédito: Internauta

motociclista João Victor Alves, de 25 anos, que ficou gravemente ferido após se envolver em um acidente com um caminhão na manhã desta quinta-feira (8) na rodovia ES 060, próximo ao trevo do balneário de Iriri, em Anchieta, no Litoral Sul do Espírito Santo, morreu após receber atendimento médico, ainda durante a manhã.

O acidente foi registrado por volta das 7h. De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, a vítima pilotava uma moto de baixa cilindrada, conhecida como "Cinquentinha".

O motorista do caminhão contou à Polícia Militar que ao sair do posto de combustível e entrar na pista, já na sua mão de direção, percebeu que o motociclista havia batido do lado esquerdo do veículo e caído. O condutor, que não teve o nome divulgado pela polícia, disse que permaneceu no local até que o socorro chegasse. Ele realizou o teste do etilômetro, que deu negativo para a ingestão de bebida alcoólica.

Com o impacto da batida, João Victor sofreu várias fraturas no corpo e hemorragia interna. O motociclista recebeu os primeiros socorros de uma equipe de ambulância que passava pelo local e depois pelos Bombeiros até a chegada do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Ele era morador de Piúma, município vizinho de Anchieta.

Segundo a PM, o trânsito não precisou ser interrompido na ES 060 após o acidente. O motorista do caminhão foi encaminhado à Delegacia Regional de Anchieta para prestar depoimento. Por nota, a Polícia Civil afirmou que o motorista foi ouvido e liberado, conforme previsto no Código de Trânsito Brasileiro, já que ele permaneceu no local do acidente e não havia indícios de cometimento de crime que justificasse prisão em flagrante. 

A PC explicou ainda que o caso seguirá sob investigação para apuração dos fatos. "O corpo do jovem foi encaminhado para o Serviço Médico Legal (SML) de Cachoeiro de Itapemirim, para ser liberado para os familiares e para ser feito o exame cadavérico, que irá apontar a causa da morte. Informou que todas as medidas legais foram adotadas e estão tramitando dentro do prazo legal". 

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.