ASSINE

Viatura é apedrejada em delegacia de Vitória em manhã de tensão

Homens passaram ao lado da delegacia e atiraram uma pedra no vidro de uma viatura. Polícia acredita que o fato tenha ligação com a morte de jovem durante confronto no Bonfim nesta quinta (24)

Publicado em 25/06/2021 às 12h45
Viatura atingida por pedra no DPJ de Vitória
A viatura atingida pelo bloco de concreto estava estacionada em delegacia. Crédito: Vitor Jubini

A região do Bairro da Penha, em Vitória, viveu momentos de tensão ao longo da manhã desta sexta-feira (25), depois que um jovem identificado como Danilo Cândida de Souza, de 17 anos, foi morto em um confronto com policiais militares em frente à Escadaria dos Trabalhadores, no Morro do Bonfim, ocorrido na noite anterior - a família contesta a versão da polícia de que o jovem estava armado. Segundo informações da polícia, os militares apreenderam uma pistola 9 mm, munição, dinheiro e um radiocomunicador com o adolescente.

Em consequência pela morte do jovem, uma sequência de incidentes foram registrados desde as primeiras horas da manhã. Logo cedo, um ônibus municipal (verdinho) foi apedrejado no alto do Morro do Bonfim. Nesta ocasião, houve confusão com moradores e tiros de bala de borracha na região onde o veículo foi apedrejado. O clima foi tenso por volta das 8h da manhã.

Em paralelo, um grupo de seis homens desceram e tentaram interceptar outro coletivo de Vitória, mas uma viatura da PM passava pelo local e viu a ação. De imediato, os policiais desceram e houve confronto a tiros. Os quatro que estavam armados conseguiram fugir por becos, já dois foram detidos e levados para a delegacia.

VIATURA APEDREJADA

Enquanto a polícia monitorava a situação no Bonfim e detinha o grupo que tentava destruir outro coletivo na Avenida Marechal Campos, criminosos passaram em frente à Delegacia Regional de Vitória e jogaram um paralelepípedo cotra o vidro traseiro de uma das portas de uma viatura estacionada ao lado da delegacia. Na sequência, um rojão também foi estourado nas imediações da delegacia.

Material apreendido pela polícia com jovem morto durante confronto no bairro Bonfim nesta quinta (24)
Material apreendido pela polícia com jovem morto durante confronto no bairro Bonfim nesta quinta (24). Crédito: Divulgação / Polícia Militar

Sobre este incidente, o tenente Pereira, da PM, explicou que ainda não era possível saber se os responsáveis por estilhaçar o vidro da viatura estavam no protesto, mas que há ligação entre os casos.

“Pelo visto foi paralelo. Enquanto estavam lá em cima, um outro grupo se dividiu e veio aqui na delegacia para depredar uma viatura”, disse o tenente.

PRISÕES

Em coletiva realizada no fim da manhã, o Tenente Xavier, do 1º Batalhão da Polícia Militar, salientou que sete prisões já haviam sido efetuadas, todas com ligação aos incidentes anteriores. Entre os detidos, cinco participaram da depredação do ônibus e do confronto com a polícia no Bonfim, e os outros dois detidos, ambos de 18 anos, foram presos na tentativa frustrada de abordar o segundo ônibus.

Ação da PM após viatura ser atingida em DPJ
A manhã foi tensa no Bairro da Penha, principalmente na região do Bonfim ao longo da manhã desta sexta-feira (25). Crédito: Vitor Jubini

Policiais de diferentes divisões seguem espalhados em locais estratégicos da região do Bairro da Penha e também em outros locais da Capital, para evitar novos conflitos, coibir ataques e prender os envolvidos na depredação da viatura da PC. O Helicóptero do Notaer dá apoio aéreo aos militares em solo. 

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.