ASSINE

Preso um dos suspeitos de assalto com refém a loja de celulares na Serra

Caso ganhou repercussão após divulgação das imagens de câmeras de segurança do estabelecimento, que registraram toda a ação. Um funcionário foi feito refém

Vitória
Publicado em 05/08/2021 às 17h09
Criminoso que aparece de blusa preta foi preso pea
Criminoso que aparece de blusa preta foi preso pela polícia no bairro Feu Rosa, na Serra, na última terça-feira (3). Crédito: Reprodução

Um dos responsáveis por um assalto em uma loja de celulares no bairro Planalto Serrano, na Serra, foi preso na última terça-feira (3) no bairro Feu Rosa, no mesmo município. O caso ganhou repercussão após divulgação das imagens de câmeras de segurança do estabelecimento, que registraram toda a ação. Um funcionário chegou a ser feito refém pelos criminosos. Veja abaixo.

Segundo o delegado Gabriel Monteiro, chefe da Divisão Patrimonial, o caso foi registrado como tentativa de latrocínio. Os suspeitos tentaram roubar mais de R$ 70 mil reais em celulares. "O que chamou a atenção foi a agressividade desses indivíduos. No meio do roubo, quando uma pessoa de bicicleta estava entrando na loja, um deles mira e atira. Por sorte, a munição mascou e não teve nenhuma gravidade maior", detalhou. 

O delegado conta que, no último dia 31, equipes conseguiram localizar a casa de um dos indivíduos. "Fomos até a residência e ele já havia fugido. Encontramos uma mochila, reconhecida pela vítima, com caixas de celulares, o que mostrou que estávamos no caminho certo. Dias depois tivemos outra informação sobre o paradeiro do outro criminoso", continuou Monteiro.

Dupla roubou celulares cujo prejuízo ultrapassava R$ 70 mil; material foi recuperado
Dupla roubou celulares cujo prejuízo ultrapassava R$ 70 mil; material foi recuperado. Crédito: Polícia Civil | Divulgação

O chefe da Divisão Patrimonial conta que o suspeito fugiu, pulando diversos muros, quando percebeu a presença dos policiais. Ele chegou a se esconder em uma região de mata, mas equipes conseguiram localizá-lo. Nas imagens, ele é o que aparece vestindo uma camisa preta. "Na residência dele tinha um adolescente e todo esse material roubado da loja, cerca de R$ 500 em notas falsas, grande quantidade de cocaína, um simulacro, um revólver calibre 12 de fabricação caseira e munições", disse, sem informar o nome do homem preso.

Material apreendido na casa do suspeito no bairro Feu Rosa, na Serra
Material apreendido na casa do suspeito no bairro Feu Rosa, na Serra. Crédito: Polícia Civil | Divulgação

A vítima, refém dos assaltantes no dia do crime, foi à delegacia e reconheceu um dos criminosos. "Com as demais diligências, identificamos e qualificamos o segundo autor do crime. Tudo reconhecido pela vítima e confessado pelo criminoso. Com isso, ele foi preso por tentativa de latrocínio, posse de moeda falsa, tráfico e associação e posse ilegal de arma de fogo", completou o delegado.

O adolescente de 17 anos não teve participação no roubo, mas o delegado conta que foi feito um boletim de ocorrência circunstanciado e entregue aos familiares. A prisão do segundo criminoso está sendo apreciada pela Justiça e, em breve, a polícia garante que ela será realizada. "É um crime que choca a sociedade pela extrema frieza. Ele queria matar uma vítima que nem trabalhava na loja. São pessoas que não têm nada a perder e temer", concluiu.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Grande Vitória Polícia Civil Serra crime feu rosa planalto serrano serra

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.