ASSINE

MP oferece denúncia contra homem que feriu gato com vergalhão em Linhares

Victor Brandão Machado chegou a ficar preso, mas foi liberado depois de alguns dias e responde em liberdade. O Ministério Público requer que o denunciado seja condenado na Lei de Crimes Ambientais

Colatina / Rede Gazeta
Publicado em 29/07/2021 às 18h59
Victor Brandão machado se apresentou na Delegacia Regional de Linhares
Victor Brandão machado se apresentou na Delegacia Regional de Linhares . Crédito: Reprodução

Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES) ofereceu denúncia contra Victor Brandão Machado. Ele é acusado de ter agredido e espetado um gato com um vergalhão em Linhares, no Norte do Espírito Santo. O crime ocorreu no dia 23 de novembro de 2020 e teve repercussão em todo o Estado.

Victor Brandão Machado chegou a ficar preso, mas foi liberado depois de alguns dias e responde em liberdade. O MPES requer que o denunciado seja condenado na Lei de Crimes Ambientais. A norma estabelece que é crime “praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos”.

Animal ficou vários ferimentos
Animal ficou com vários ferimentos . Crédito: Leitor | A Gazeta

O gato foi encontrado pela cunhada do denunciado, que mora no mesmo prédio que ele e ouviu os gemidos do felino. No local, também foram encontrados sinais de que o animal estava sendo torturado.

O felino foi socorrido pela cunhada do autor do fato, por um vizinho dela e por uma defensora dos animais no município de Linhares e foi levado a uma clínica veterinária. Após alguns dias internado, o gato recebeu alta e ganhou o nome de “Guerreiro”. Atualmente, está aos cuidados de uma das pessoas que auxiliou o resgate.

VERSÃO DO ACUSADO

Em interrogatório realizado na investigação policial, o denunciado confessou o crime, alegando que o gato entrava na casa dele e sujava todo o ambiente.

O CASO

Em vídeos que começaram a circular no dia 23 de novembro, o gato aparece agonizando dentro de uma armadilha, após ser espetado com vergalhões no quintal de uma casa do bairro Jardim Laguna.

Gato é torturado em Linhares

Com o auxílio de outras pessoas, o gato foi retirado do local das agressões. O animal ficou com vários ferimentos pelo corpo e na cabeça. Ele foi encaminhado para o atendimento com um médico veterinário e recebeu pontos para fechar as feridas.

O QUE DIZ A DEFESA

De acordo com o advogado Marcos Soares, a defesa ainda não foi intimada sobre a denúncia. “Acredito que até a próxima semana haverá intimação e teremos conhecimento do teor da denúncia”, afirmou.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Linhares Polícia Civil linhares ES Norte Maus tratos

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.