ASSINE

Missionário é preso suspeito de mostrar partes íntimas para criança na Serra

Homem alegou que estava fazendo exercícios de cueca, mas foi autuado em flagrante por induzir ato libidinoso; caso aconteceu na segunda-feira (18)

Tempo de leitura: 3min
Vitória
Publicado em 19/04/2022 às 11h40
Crime aconteceu no bairro Feu Rosa (acima), na Serra, nessa segunda-feira (18)
Crime aconteceu no bairro Feu Rosa (acima), na Serra, nessa segunda-feira (18). Crédito: Fabrício Christ

Um homem de 59 anos acabou preso em flagrante na última segunda-feira (18), na Serra, suspeito de exibir as partes íntimas para uma criança. Ele foi autuado por induzir uma menina de 7 anos a presenciar o ato libidinoso, no bairro Feu Rosa. O crime também foi presenciado por uma mulher. À TV Gazeta, ele se identificou como missionário. 

Conforme relatado pelas envolvidas à Polícia Militar, a vítima procurou a conhecida e pediu ajuda, porque um homem estaria nu e mostrando o órgão genital para ela. "Para se certificar do fato, a mulher pediu para a criança aguardar para que o homem repetisse o gesto", o que aconteceu, de acordo com a polícia.

No final da tarde, então, os policiais estiveram no local e abordaram o suspeito. "O homem negou as acusações e disse apenas que estava no terraço da própria casa fazendo exercícios de cueca", afirmou a corporação. Ainda assim, todos foram levados para a delegacia, assim como a mãe da menina.

Em entrevista à repórter Daniela Carla, da TV Gazeta, a vizinha que ajudou a criança contou que viu o homem totalmente nu. "Ele estava apoiado sobre a divisória do terraço e 100% pelado, balançando... para a menina. Quando eu vi, comecei a gritar e xingar. Só ouvi ele me pedindo perdão", disse.

Funcionária pública, ela também revelou que um vizinho já teria presenciado cena semelhante anteriormente e comentou a respeito durante o atendimento da PM na região. "O cara que mora na frente da casa dele (do suspeito) chegou no policial e disse que já viu ele pelado na varanda", afirmou.

Em nota, a Polícia Civil informou que o conduzido de 59 anos foi autuado em flagrante por induzir a menor a presenciar ato libidinoso, sendo encaminhado ao sistema prisional. A Secretaria Estadual de Justiça (Sejus) afirmou que ele deu entrada no Centro de Triagem de Viana nesta terça-feira (19).

Antes de ser encaminhado ao presídio, o homem reforçou que estava de cueca, sem calça e sem camisa, por causa do calor. Ele também se identificou como teólogo (profissional que estuda religiões) e missionário. O nome dele não será divulgado por A Gazeta para preservar a identidade da criança.

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.