ASSINE

Furto de transformador deixa comunidades sem água em Itapemirim

Transformador e equipamentos estavam em um poste de mais de 16 metros de altura

Publicado em 03/01/2018 às 18h41
Segundo nota emitida pelo Saae, não há previsão de retorno do abastecimento. Crédito: Divulgação
Segundo nota emitida pelo Saae, não há previsão de retorno do abastecimento. Crédito: Divulgação

O furto de equipamentos elétricos no sistema de captação de água do Rio Itapemirim, no interior de Itapemirim, deixou o abastecimento de água prejudicado nesta quarta-feira (03). O Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Itapemirim reparou o dano e o serviço deve ser normalizado até esta quinta-feira (4).

De acordo com o diretor geral do Saae, Marco Antônio de Souza Carneiro, o furto nos equipamentos que ficam em um poste de alta tensão foi descoberto nesta manhã, quando um funcionário foi ao local. “Levaram um transformador, um inversor de frequência e cabos. Estavam a uma altura de mais de 16 metros”, conta.

O problema paralisou o abastecimento e afetou centenas de famílias das comunidades de Safra e São João da Lancha, que pertence a Cachoeiro de Itapemirim.

A empresa registrou um boletim de ocorrência. Servidores do Saae estiveram no local para reposição dos equipamentos e a expectativa, segundo Carneiro, é que o serviço seja normalizado até esta quinta-feira (4).

A Gazeta integra o

Saiba mais
água

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.