ASSINE

Após fugir de abordagem, motociclista é perseguido e detido na Serra

Segundo a Guarda Municipal, que realizou a perseguição, a moto não era roubada e não tinha nada de ilegal com o homem. Mas ele foi levado para a delegacia por desobedecer à ordem de parada

Publicado em 19/07/2021 às 11h39
Motociclista foi perseguido e detido na Serra
Motociclista foi pre. Crédito: Reprodução/TVGazeta

Um motociclista de 31 anos foi perseguido e detido pela Guarda Municipal depois de não obedecer a uma ordem de parada. O caso aconteceu no bairro Civit II, na Serra, onde vários motociclistas estavam reunidos e faziam manobras arriscadas.

De acordo com informações apuradas pela TV Gazeta, quando a viatura da Guarda Municipal chegou a local os motociclistas fugiram, cada um foi para um lado, e os guardas foram atrás. A viatura iniciou a perseguição a um motociclista que estava de camisa vermelha. Durante o trajeto, o homem perdeu o controle da moto em uma curva e caiu. Após o acidente, o motociclista de 31 anos foi detido pelos guardas.

A moto não era roubada e não tinha nada de ilegal com o homem, mas ele foi levado para a delegacia por desobedecer à ordem de parada. "Imediatamente fizemos a revista pessoal para saber se ele tinha algo de ilícito, algum mandado de prisão em aberto e verificamos se a motocicleta possuía alguma restrição. Nada foi encontrado no local. Mas ele foi informado que seria socorrido, porque teve escoriações na face, e seria posteriormente levado à delegacia pelo crime de desobediência e resistência", explicou Dias, agente da Guarda Municipal da Serra.

Motociclista foge de abordagem e é perseguido por agentes da Guarda na Serra

O agente contou que a Guarda Municipal recebeu a informação de que havia mais de 20 motociclistas fazendo manobras arriscadas no bairro Civt II, perto de crianças. Um vídeo feito no local mostra motociclistas empinando a moto, em uma manobra conhecida como "grau" e que é proibida pelo código de trânsito.

"Ali é um local que as pessoas utilizam para campeonato de pipa, até para andar de motocicleta porque é um local que não tem residência. Porém, como houve a denúncia por parte de famílias que estavam ali, a Guarda Municipal teve que ir ao local verificar. O intuito era que eles parassem, todos fossem abordados e verificados. Porém, por conta deles, eles não obedeceram e começaram com esse acompanhamento", disse o agente.

O motociclista foi levado para a delegacia para prestar depoimento.

Com informações da TV Gazeta.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Serra guarda municipal serra

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.