ASSINE

Empresária filha de pastor morre dois meses após perder o pai no ES

Mariana Migliorini Rezende de Jesus, empresária de 26 anos, faleceu pouco mais de dois meses após o pai, o pastor, empresário e surfista Robson Baião. Família acredita que ela também teve mal súbito

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 22/06/2021 às 21h04
Filha de Robson Baião
Mariana deixa marido e um filho de 1 ano e 4 meses. Crédito: Instagram

Duas mortes semelhantes em uma mesma família: Mariana Migliorini Rezende de Jesus, empresária de 26 anos, faleceu pouco mais de dois meses após o pai, o pastor, empresário e surfista Robson Baião. Com histórico familiar de doenças cardíacas, parentes suspeitam que a jovem tenha tido um infarto nove dias após uma cirurgia para redução dos seios, que pode ter contribuído para o óbito.

Segundo o irmão de Robson, Abner Silva Rezende, a sobrinha fez a operação com o mesmo médico que realizou procedimentos idênticos na mãe e na irmã dela, além de algumas tias. "Elas têm a genética de seios maiores, que incomodavam. Mas o médico é de confiança, inclusive uma tia que é médica acompanhou tudo, mesmo o pós-cirúrgico. Mariana não sentia nada, não teve febre ou infecção. Na segunda (21) de manhã que ela teve vômito e começou a sentir dor no peito, então a tia médica acredita que ela teve um infarto", contou.

Abner Silva Rezende

Tio de Mariana

"Ela chegou a ser intubada no hospital em Guarapari, mas não teve jeito. O Robson também teve um infarto, com pouco mais de 50 anos. Nosso pai aos 34 anos. A família tem um histórico. Mariana, por ser muito nova, não tinha feito check-up. Agora estamos recomendando aos sobrinhos que façam. A gente descarta ligação com a cirurgia, já que a tia acompanhou tudo e tranquilizou a família. Quando ela passou mal, fez exames e as taxas eram boas. Acreditamos que tenha sido mesmo um mal súbito"
Filha de Robson Baião
Mariana de vermelho, acompanhada pelo esposo, irmã, avó e os pais (Robson de azul) . Crédito: Arquivo da família

Para o tio, o sentimento que fica é que, mesmo tão jovem, Mariana deixa um legado. "Temos um sentimento que ainda está em formação na nossa cabeça, porque não conseguimos entender. Com a morte do pai dela, ficamos um pouco menos abalados, porque ele tinha até 3 stents. A gente esperava que pudesse acontecer. Mas hoje, vendo depoimento do esposo da minha sobrinha, o Josafá, durante o sepultamento, ficamos muito comovidos, foram testemunhos fortes de uma convivência muito amorosa", lembrou.

Abner contou que Mariana havia herdado as clínicas odontológicas de Robson, com quem administrava o negócio. "Se eu tivesse que descrevê-la com uma palavra, seria simplicidade. Era uma pessoa que vivia de forma extremamente simples, mesmo tendo uma condição financeira boa. Morou um tempo em um seminário, depois foi morar com a mãe e tinha condição para morar melhor. As coisas dela, as roupas e o jeito eram simples", descreveu.

A rede de clínicas odontológicas SDC deixou nota de pesar nas redes sociais. Confira:

A lembrança marcante da jovem, para o tio, recai sobre os momentos em festas da família. Mas, infelizmente, o mais recente encontro aconteceu em virtude da morte de Robson. Além do marido, Mariana deixou ainda um filho de um ano e quatro meses.

Filha de Robson Baião
Aniversário do filho Lucas, junto aos tios e esposo de Mariana. Crédito: Arquivo da família

ROBSON MORREU ENQUANTO SURFAVA

No dia 15 de abril o empresário e surfista Robson Baião, de 53 anos, morreu. De acordo com o irmão dele, Abner Silva Rezende, por volta das 9h30 o familiar teve um mal súbito enquanto surfava. Robson, que também era pastor, chegou a ser socorrido por outros surfistas, recebeu massagem cardíaca ainda na areia da Praia do Setibão, em Guarapari, mas não resistiu.

Carioca de nascimento, Robson veio ainda criança para o Espírito Santo e foi em Guarapari que prosperou. Na cidade ele montou uma clínica odontológica, casou-se e constituiu família. Ele deixou a esposa, Eliane Rezende, com quem teve duas filhas. Ele também deixa um neto.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Guarapari Saúde doenca Saúde

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.