ASSINE

PRF e Sefaz apreendem caminhão com 44 mil litros de etanol em Viana

Segundo o Receita Estadual, a apreensão foi por suspeita de evasão fiscal, crime cometido ao usar meios ilícitos para evitar o pagamento de impostos. A carga do caminhão foi avaliada em R$ 128 mil

Publicado em 14/04/2021 às 16h23
Atualizado em 14/04/2021 às 16h23
Caminhão apreendido em ação da PRF e Sefaz em Viana
Caminhão apreendido em ação da PRF e Sefaz em Viana. Crédito: Sefaz-ES/Divulgação

Uma ação conjunta da Secretaria da Fazenda (Sefaz) do Espírito Santo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu, nesta quarta-feira (14), um caminhão que transportava 44.417 litros de etanol. Segundo a Receita Estadual, a apreensão foi por suspeita de evasão fiscal, crime cometido ao usar meios ilícitos para evitar o pagamento de taxas, impostos e contribuições.

A carga do caminhão foi avaliada em R$ 128 mil e a multa exigida para a liberação da carga é de R$ 73 mil.

O motorista que transportava o álcool combustível foi parado pelos policiais no posto da PRF em Viana. Segundo o auditor fiscal da Receita Estadual Luiz Carlos Rodrigues, a carga tinha nota fiscal, mas o documento apontava que o produto teria como origem e destino cidades do interior de São Paulo.

"A carga até tinha uma nota fiscal, mas ela estava irregular. Pelo indicado, o produto estava sendo transportado entre duas cidades do interior de São Paulo – logo, não teria explicação lógica para essa carga passar pelo Espírito Santo. O que observamos é que ela seria revendida no Estado sem o pagamento dos impostos devidos", explicou.

O motorista que transportava a carga foi identificado inicialmente pela Receita Estadual. "Os auditores fiscais fizeram o levantamento de uma série de placas de caminhões que haviam sido identificados transportando produtos de forma irregular. Esse levantamento foi encaminhado à PRF, as placas foram cadastradas no sistema de monitoramento e quando o caminhão entrou no Estado, foi repassado o alerta aos policiais que estavam em campo", explicou o auditor fiscal da Receita Estadual Germanni Herzog.

* Com informações da Sefaz-ES

Polícia Rodoviária Federal Sefaz Combustível

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.