ASSINE

ES Gás reajusta preço do gás encanado em 33% neste mês

Companhia de distribuição teve autorização da agência reguladora para aumentar a tarifa após a Petrobras elevar em 38% o valor cobrado da estatal capixaba

Publicado em 03/05/2021 às 14h07
Unidade do Terminal de Cabiúnas, no Rio de Janeiro. O gasoduto Gascav percorre 303 km e liga o Terminal de Cabiúnas à Estação do Terminal Intermodal de Serra (ES).
Gás natural sai do mar até central de tratamento, passa por gasodutos de transporte até chegar aos dutos de distribuição. Crédito: Jussara Peruzzi/Petrobras

ES Gás vai reajustar o tarifa do fornecimento do gás natural que chegam de forma encanada para indústrias e residências do Espírito Santo em 33,47%. O novo preço vale de forma retroativa, sendo aplicado desde sábado, dia 1º de maio. A decisão foi divulgada nesta segunda-feira (3) pela Agência de Regulação de Serviços Públicos (ARSP).

Segundo decisão da agência, do dia 19 de abril, o aumento será de 30,63% para o segmento termoelétrico, empresas responsáveis pelo fornecimento de energia elétrica às distribuidoras.

A nova tarifa tem relação com alta de mais de 38% aplicada pela Petrobras, que tem contrato de fornecimento de gás para a companhia estadual.

A ES Gás é uma companhia de capital misto, sendo controlada pelo Estado, mas que tem parte das ações nas mãos da Petrobras Distribuidora (BR), antiga subsidiária da Petróleo S.A (Petrobras).

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.