ASSINE

ES e outros Estados acusam Petrobras de enganar sobre preços de combustíveis

"Você sabia que a Petrobras só recebe R$ 2,00 de cada litro de gasolina vendido no Brasil?”, afirma a petroleira no anúncio

Publicado em 14/09/2021 às 09h45
Posto Divino, na saída da Terceira Ponte, em Vila Velha. Sem filas, mas com bombas cheias
Posto Divino, na saída da Terceira Ponte, em Vila Velha. Crédito: Carlos Alberto Silva

Espírito Santo, o Distrito Federal e mais dez Estados entraram com ação contra a Petrobras por propaganda enganosa sobre o preço dos combustíveis. "Você sabia que a Petrobras só recebe R$ 2,00 de cada litro de gasolina vendido no Brasil?”, diz a publicidade da petroleira em um momento em que a gasolina chega a ser vendida por R$ 7 em algumas regiões do país. Em território capixaba, o combustível é encontrado a R$ 6,79. 

A mensagem é acompanhada por um vídeo explicativo sobre o processo de extração e venda do petróleo aos postos, que faz mais uma provocação: “Mas então, onde está a diferença que você paga na bomba?''. A estatal, por fim, atribui o preço elevado dos combustíveis ao Imposto sobre Operações relativas à Circulação de Mercadorias (ICMS) cobrado pelos Estados.

Os representantes dos governos estaduais alegam que a estatal compartilhou informações falsas sobre os motivos para a recente alta nos preços dos combustíveis, atribuindo aos Estados a responsabilidade pelos valores encontrados nas bombas.

A ação tramita na 18ª Vara Cível de Brasília e é assinada pelos procuradores gerais dos Estados da Bahia, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Pará, Maranhão, Sergipe, Piauí, Amazonas, Espírito Santo, Goiás, Amapá e Minas Gerais, além do Distrito Federal.

Procurada, a Petrobras informou, por meio de sua assessoria de imprensa, que "vai analisar o teor da ação e avaliar as medidas cabíveis".

Com informações da Agência Estado

A Gazeta integra o

Saiba mais
Espírito Santo Petrobras ICMS espírito santo gasolina Combustível

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.