ASSINE

Vídeo mostra idoso desaparecido seguindo para mata em Guarapari

Idoso desapareceu após fugir de clínica no dia 9 e foi visto pela última vez no dia 12; clínica informou que homem estava internado tratando alcoolismo

Vitória
Publicado em 18/11/2021 às 12h34

Vídeo mostra idoso desaparecido seguindo para mata em Guarapari

O idoso de 65 anos que fugiu de uma clínica em Guarapari continua desaparecido. A família agora oferece uma recompensa de R$ 3 mil para quem o encontrar. Ailton Benedito Quiezza entrou em uma mata no dia 9 de novembro e foi visto pela última vez na região central do município.

Segundo os familiares, o idoso é de Aracruz, no Norte do Estado. Após saberem do ocorrido, eles se deslocaram até a clínica para ajudar nas buscas e informaram que o Corpo de Bombeiros foi acionado. A reportagem de A Gazeta procurou a corporação, mas não obteve retorno. 

A família diz que tem trabalhado todos os dias para encontrar Ailton e que, no último fim de semana, montaram diversas duplas para rodar por Guarapari, onde ele foi visto pela última vez.

Família oferece recompensa para quem encontrar idoso desaparecido em Guarapari
Família oferece recompensa para quem encontrar idoso desaparecido em Guarapari. Crédito: Reprodução

Populares contaram à família que viram o idoso na última sexta-feira (12) na região central de Guarapari, mas, até o momento, ele não foi encontrado. 

O QUE DIZ A CLÍNICA

Em nota, a Clínica Vitalle, onde Ailton estava internado desde 29 de setembro, informou que o homem fazia um tratamento de alcoolismo, objetivando desintoxicação e estabilização do quadro para posterior seguimento do tratamento em seu município de origem. Confira a nota na íntegra:

"A internação foi na modalidade involuntária, ou seja, sem o consentimento e adesão do paciente.

No dia de sua evasão, sr. Ailton participou das atividades terapêuticas propostas, realizando aula de educação física com outros pacientes na parte da manhã e vinha interagindo satisfatoriamente com toda equipe e demais pacientes.

O paciente aderiu muito bem a terapia medicamentosa apresentando significativa melhora e estava próximo de receber alta terapêutica.

A evasão ocorreu logo após o café da tarde onde as imagens do vídeo monitoramento restam claras que ele aguardou o momento oportuno para evadir-se pelos fundos de uma área restrita da clínica e fechada pela mata.

Familiares após avisados da evasão, informaram que o sr. Ailton é indígena e possui intimidade com região de matas e marés, o que a clínica desconhecia até então.

A equipe realizou buscas pelo local sem sucesso. O Corpo de Bombeiros foi acionado imediatamente e diligenciou toda a região com cães e drones, também sem sucesso. 

Toda equipe vem se mobilizando em divulgar nas redes sociais e canais de comunicação a imagem do paciente na tentativa de localizá-lo, inclusive dando apoio aos familiares que se encontram na cidade."

A Gazeta integra o

Saiba mais
desaparecidos

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.