ASSINE

Varíola dos macacos: Vitória notifica caso suspeito

Paciente já teve os exames coletados e foi orientado a ficar em isolamento domiciliar. Segundo a prefeitura, os exames foram colhidos e entregues ao laboratório do Estado

Tempo de leitura: 3min
Publicado em 22/06/2022 às 14h09
Atualizado em 22/06/2022 às 19h34
Teste para detectar varíola dos macacos.
Teste para detectar varíola dos macacos. Crédito: Dado Ruvic/Reuters

A Secretaria Municipal de Saúde de Vitória (Semus) informou, na manhã desta quarta-feira (22), que notificou o governo do Estado sobre um caso suspeito de varíola dos macacos na Capital.

O morador apresentou sintomas e recebeu atendimento clínico e laboratorial. Os exames foram colhidos e entregues ao laboratório do Estado.

Ainda de acordo com a Prefeitura de Vitória, o paciente está em "ótimo estado de saúde e foi orientado quanto ao isolamento domiciliar".

No início da noite desta quarta, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) enviou uma nota com mais detalhes sobre o caso suspeito, o segundo a ser investigado no Espírito Santo. 

PRIMEIRO CASO SUSPEITO FOI DESCARTADO

Nesta quarta-feira, durante coletiva de imprensa para atualizar sobre a situação da Covid-19 no Estado, o secretário Estadual de Saúde, Nésio Fernandes, falou sobre uma nova investigação de suspeita da doença no Estado, sem especificar se seria o notificado pela Prefeitura de Vitória.

"O Espírito Santo abre nova investigação sobra varíola dos macacos. A pessoa tem critérios da doença, circulou em países com circulação já comunitária do vírus e que está isolada e contatos devidamente investigados e monitorados. A amostra já está no Lacen-ES. Assim que sair o resultado, divulgaremos", explicou.

O primeiro caso suspeito da varíola dos macacos no Espírito Santo foi divulgado pela Sesa na quarta-feira (15), quando o comandante de uma embarcação que saiu de Singapura foi internado após ancorar na costa capixaba com sintomas da doença, como febre e erupções cutâneas.

O paciente permaneceu em isolamento em um hospital do Estado até que o resultado dos exames dele saíssem. O material chegou a ser encaminhado para a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), e o resultado negativo para monkeypox foi divulgado nesta terça-feira (21).

Na segunda-feira (20), o Ministério da Saúde confirmou o oitavo caso de varíola dos macacos no país. Até então, quatro deram positivo em São Paulo, dois no Rio de Janeiro e dois no Rio Grande do Sul. A primeira confirmação se deu na quinta-feira (9), na capital paulista, cujo paciente havia viajado recentemente à Europa.

Atualização

22 de Junho de 2022 às 19:33

Após a publicação desta matéria, a Sesa enviou nota falando sobre a investigação do caso suspeito notificado pela Prefeitura de Vitória. O texto foi atualizado.

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.