ASSINE

Sindicato dos Rodoviários protesta pela volta de cobradores em Vitória

O grupo reivindica a volta dos cobradores que estão afastados desde o início da pandemia da Covid-19. Veja fotos e vídeo

Publicado em 09/09/2021 às 08h26
Atualizado em 10/09/2021 às 07h17
Protesto em Vitória
Protesto de Rodoviários em Vitória. Crédito: Ronaldo Rodrigues

O Sindicato dos Rodoviários do Espírito Santo realizou um protesto na manhã desta quinta-feira (9), em Vitória. Eles reivindicam a volta dos cobradores que estão afastados, desde o início da pandemia da Covid-19, para os postos de trabalho. Na manhã desta sexta-feira (10), o Sindicato realizou novo protesto.

Na quinta-feira (9), O grupo se concentrou na sede do sindicato e seguiu em passeata pela Avenida Vitória e Jerônimo Monteiro, já no Centro. Com um trio elétrico puxando a passeata, eles ocuparam duas faixas e seguiram para o Palácio Anchieta.

Na altura do Hospital Estadual de Urgência e Emergência (antigo São Lucas), os rodoviários paralisaram o ato, ocuparam as pistas nos dois sentidos e fizeram uma oração. Em seguida, voltaram a ocupar apenas duas faixas no sentido Centro.  

Na frente das escadarias do Palácio Anchieta, eles permaneceram por alguns minutos até que o ato foi encerrado, por volta das 10h15. O trânsito foi totalmente liberado.

Os ônibus que tinham a Avenida Vitória como trajeto não passaram pela manifestação. Todos os coletivos paravam e formaram uma longa fila que acompanhou o ato.

A reportagem entrou em contato com a Secretaria de Estado de Mobilidade Urbana (Semobi) e com a Companhia de Transportes Urbanos da Grande Vitória (Ceturb-ES) para informações sobre a negociação da pauta dos rodoviários e qual a situação dos cobradores afastados durante a pandemia.

Por nota, a Semobi e a Ceturb-ES informaram que a suspensão da atividade dos cobradores nos ônibus do Sistema Transcol é uma medida adotada no protocolo de enfrentamento à Covid-19. Além disso, informou que, com a vacinação da categoria, está finalizando o plano de retorno dos trabalhadores quando for encerrado o estado de calamidade ou estiver de acordo com as autoridades de saúde e em novo formato. Ainda assim, informou que a cobrança em dinheiro nos ônibus seguirá suspensa, e que os cobradores trabalharão em horários determinados para auxiliar a comercialização do Cartão GV e do pagamento via cartão de crédito e débito. Confira a nota na íntegra:

"A Secretaria de Mobilidade e Infraestrutura (Semobi) e a Ceturb-ES esclarecem que a suspensão da atividade do cobrador no interior dos coletivos do Sistema Transcol são medidas adotadas pelo protocolo de enfrentamento à covid-19 no transporte coletivo metropolitano, junto com outras 40 ações.

Com o início da vacinação da categoria em junho, a Semobi informa que já vem discutindo e está finalizando o plano de retorno dos cobradores para ser posto em prática quando for encerrado o estado de calamidade e /ou estiver em consonância com às autoridades de saúde e em um novo formato.

Em relação a este plano, a Semobi adianta que o pagamento em dinheiro no interior dos coletivos permanecerá suspenso, mesmo depois do retorno dos cobradores as suas atividades. Os cobradores também devem retornar as suas atividades a bordo apenas em horários pré-determinados, como os de pico para auxiliar na comercialização de créditos do CartãoGV via pagamento com cartão de crédito ou débito.

Contudo, é importante que a categoria tenha completado o processo de imunização com a segunda dose da vacina. Bem como acompanhar a evolução da pandemia e possíveis variantes, seguindo as orientações das autoridades sanitárias. Vale ressaltar que todos os profissionais afastados estão recebendo integralmente seus salários.

Em relação à qualificação, esses profissionais estão desde 2019 participando de processos de requalificação e assumindo novas funções dentro do próprio sistema. Também já está em andamento o programa CNH requalifica, programa exclusiva para cobradores do transcol obterem sua habilitação, com o total de 1500 até 2022.

Os profissionais, devidamente registrados com a função de cobrador nas empresas que atendem ao Sistema Transcol, serão indicados pela Semobi e realizarão, a partir deste mês, o processo de Primeira Habilitação custeado pelo Detran|ES nas categorias “B” (carro) ou “AB” (moto e carro). O programa será dividido em três fases até o final de 2022, com a abertura de 500 vagas em cada para os contemplados realizarem, de forma gratuita, os exames médico, psicológico, aulas teóricas, práticas e os exames necessários para a obtenção da CNH. O investimento do Governo do Estado no programa é da ordem de R$ 2.267.400,00."

Atualização

10 de Setembro de 2021 às 07:11

O protesto foi encerrado por volta de 10h15 desta quinta (9). Nesta sexta (10), um novo protesto foi realizado.

Rodoviários fazem protesto em Vitória

Rodoviários fazem manifestação em Vitória
Rodoviários fazem manifestação em Vitória. Kaíque Dias
Trânsito fica complicado durante protesto em Vitória
Trânsito fica complicado durante protesto em Vitória. Kaique Dias
Rodoviários fazem manifestação em Vitória
Rodoviários fazem manifestação em Vitória. Fernando Madeira
Protesto em Vitória
Protesto em Vitória. Ronaldo Rodrigues
Sindicato dos Rodoviários faz protesto em Vitória
Sindicato dos Rodoviários faz protesto em Vitória. Ronaldo Rodrigues
Rodoviários fazem protesto em Vitória
Rodoviários fazem protesto em Vitória. Fernando Madeira
Rodoviários fazem protesto em Vitória
Rodoviários fazem protesto em Vitória. Fernando Madeira
Passageiros descem dos ônibus e seguem viagem a pé
Passageiros descem dos ônibus e seguem viagem a pé. Fernando Madeira
Passageiros descem dos ônibus e seguem viagem a pé
Passageiros descem dos ônibus e seguem viagem a pé
Passageiros descem dos ônibus e seguem viagem a pé
Passageiros descem dos ônibus e seguem viagem a pé
Passageiros descem dos ônibus e seguem viagem a pé
Passageiros descem dos ônibus e seguem viagem a pé
Passageiros descem dos ônibus e seguem viagem a pé
Passageiros descem dos ônibus e seguem viagem a pé

Com informações de Kaique Dias, da TV Gazeta

A Gazeta integra o

Saiba mais
Vitória (ES) sindirodoviários

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.