ASSINE

Menino que comoveu o mundo em foto com a irmã é curado do câncer

Beckett, atualmente com seis anos, ficou conhecido após a viralização da foto em que ele aparece sendo amparado por Aubrey, sua irmã mais velha, em 2019

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 08/10/2021 às 18h37
Cura da leucemia
Beckett e Aubrey antes e depois de o menino se curar do câncer: irmãos lado a lado. Crédito: Acervo pessoal

Três anos e meio de quimioterapia mudaram a vida de um garotinho americano, agora com seis anos, que sofreu com leucemia linfoblástica aguda, um tipo de câncer. Uma foto de Beckett, quando ele tinha quatro anos, viralizou na internet:  na imagem, ele aparece ao lado da irmã um ano mais velha, Aubrey Burge, que consolava o garoto no banheiro enquanto ele passava mal. Agora, dois anos após a foto famosa, a realidade é que o menino venceu a doença. A família vive em Princeton, cidade do Texas, nos Estados Unidos.

A mãe das crianças, Kaitlin Burge, publicou no dia 21 de setembro deste ano, em seu perfil no Facebook, que o filho venceu a luta. "Do meu guerreiro recém-diagnosticado a meu soldado. Você venceu o câncer, meu bebê. Três anos e meio de quimioterapia, todos os dias. Aprendendo a andar novamente duas vezes. Duas vezes venceu a perda de cabelo. Você fez isso. Próxima parada, dia de retirada do ponto de entrada da quimio - 15 de outubro!", comemorou.

Kaitlin ainda compartilhou um vídeo que mostra Beckett no hospital, tocando um sino para comemorar o fim da quimioterapia. Veja:

A mãe de Beckett, Aubrey e da pequena Chandler, de quase quatro anos, também contou que o filho voltou à escola sem restrições. "Uma vez me disseram para atrasá-lo um ano no jardim de infância por causa do tratamento. Eu disse: 'não.' Esse garoto venceu o câncer. Não há nada que ele não possa fazer! Olhe para ele lendo!!", escreveu Kaitlin nas redes sociais. Agora, a família só temmotivos para comemorar.

RELEMBRE FOTO QUE VIRALIZOU

À época da viralizada foto dos irmãos, Kaitlin conversou com a reportagem para falar do instinto protetor de Aubrey por Beckett. "Se ele sofre, ela sofre. Ela sempre foi a protetora dele. No momento da foto, ele dizia a ela que o estômago dele doía e ela o acompanhou ao banheiro com ele passando mal", disse.

Menino está curado da Leucemia
Foto que viralizou em 2019 mostrava irmã acolhendo irmão que sofria em consequência da quimioterapia. Crédito: Arquivo da família

Segundo Kaitlin, a família foi pega de surpresa pela notícia do câncer em abril de 2018. "Nós só descobrimos a doença quando ele de fato foi diagnosticado. Dois dias antes, ele tinha tido uma infecção no ouvido que nos levou ao hospital onde descobrimos a Leucemia Linfoblástica Aguda B de alto risco", lamentou.

A irmã dele, Aubrey, não tinha ideia do que aconteceu no dia que Beckett foi diagnosticado. De acordo com a mãe das crianças, o irmão mais velho dela tinha ido buscar as duas meninas na creche e a mais velha passou os 35 dias com a avó materna. "Ela veio nos visitar no hospital e nós a explicamos o que estava acontecendo. Ela teve muita dificuldade de deixá-lo e ir para casa com a avó sem ter certeza de que o irmão estava bem. Já a mais nova, Chandler, ficou com o tio", contou em 2019.

O tratamento, em especial em virtude da quimioterapia, era bastante duro. Kaitlin contou que o garoto fazia a terapia todas as noites, na forma de medicamento, e que uma vez ao mês ele ia à clínica onde fazia o restante do tratamento. O menino também fazia uso de esteroides e antibióticos.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Estados Unidos Estados Unidos Saúde câncer Saúde Mundo

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.