ASSINE

ES registra aumento nas internações hospitalares por Covid-19

Queda de hospitalizações foi interrompida durante a segunda quinzena de agosto. Secretário da Saúde, Nésio Fernandes, fez alerta para a situação na Região Sul do Estado

Publicado em 20/09/2021 às 16h52
Primeiro paciente vindo de Rondônia que chegou neste domingo, às 14h, no Aeroporto de Vitória. O paciente foi transferido para o Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves.
Internações devido à Covid-19 deixaram de cair desde a segunda quinzena de agosto no Espírito Santo. Crédito: Helio Filho | Secom-ES

As internações hospitalares devido ao novo coronavírus continuam aumentando no Espírito Santo, conforme anunciado pelo secretário Nésio Fernandes em coletiva da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) nesta segunda-feira (20), mantendo o Estado em momento de "alerta epidemiológico".

Segundo os dados divulgados pela Sesa na tarde desta segunda, de 190 a 230 pessoas estão ficando internadas por dia somente nos leitos públicos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). A queda nas hospitalizações foi interrompida durante a segunda quinzena de agosto deste ano, portanto, já dura cerca de um mês.

Nésio Fernandes

Secretário de Estado da Saúde do Espírito Santo

"Esse alerta deve mobilizar a população capixaba a perceber que, apesar dos grandes avanços que temos obtido, nós ainda temos uma pandemia que está em pleno desenvolvimento"

Em complemento à fala de Nésio, o subsecretário de Vigilância em Saúde, Luiz Carlos Reblin, comentou que o aumento não é percebido apenas no Sistema Único de Saúde (SUS). Segundo ele, nesse período de cerca de 30 dias, as internações na rede particular praticamente dobraram.

"No nosso painel tem uma aba que recebe informações de 37 hospitais. Lá, nós observamos que o comportamento de aumento registrado nas últimas semanas acompanha o verificado na rede pública. Em média, tínhamos 30 internações nas UTIs desses hospitais. Agora, já chegamos a 60", detalhou.

LEITOS DE UTI E ENFERMARIAS: A SITUAÇÃO DO ES

O recente crescimento das hospitalizações pode ser notado quando se observa os dados disponibilizados pelo governo do Estado, no Painel de Ocupação Hospitalar. Somando os leitos de UTI e enfermaria, o Espírito Santo já está próximo de voltar a ter mais de 400 pacientes em tratamento da Covid-19.

Nesse domingo (19), o Estado tinha 394 pessoas internadas na rede pública — o maior número desde o dia 30 de agosto. Desse total, 184 estão nas enfermarias — quantidade que também é a maior das últimas três semanas e já chegou a ser de 145 no dia 11 do mês passado.

No que diz respeito aos leitos de UTI, faz quase uma semana que o número de pessoas internadas voltou a ficar acima de 200. Conforme os últimos dados divulgados, referentes a esse domingo, 210 pessoas estão internadas com um quadro grave gerado pela infecção pelo novo coronavírus.

ALERTA PARA A REGIÃO SUL

Ainda na coletiva desta segunda-feira, o secretário Nésio Fernandes fez um alerta especial em relação à Região Sul do Espírito Santo, onde a ocupação dos leitos de UTI já está em torno de 85%. "Por lá há também um crescimento de casos mais acentuado em relação a outras regiões", disse.

Para efeito de comparação, apesar do crescimento de internações registrado recentemente, a ocupação das UTIs no Estado está em torno de 60%, sendo que este nível não difere tanto da ocupação verificada na Região Metropolitana (57%) e na Região Central-Norte (53%) neste domingo.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Espírito Santo SESA Coronavírus Coronavírus no ES Covid-19 espírito santo nesio fernandes Pandemia

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.