ASSINE

Cratera aberta após obra faz moradores deixarem suas casas na Serra

A profundidade do buraco, aberto há oito meses, chama atenção dos moradores. Duas famílias precisaram sair de seus imóveis e a prefeitura diz que vai concluir obra em dezembro

Publicado em 15/10/2021 às 19h05
Rua Mutum, na Serra, virou uma grande cratera
Rua Mutum, na Serra, virou uma grande cratera. Crédito: Carlos Alberto SIlva

O rompimento de uma manilha na Rua Mutum, em Nova Carapina II, na Serra, tem causado dor de cabeça aos moradores do bairro. As obras para resolver o problema começaram no início do ano, há oito meses, mas a cratera aberta no local ainda não foi fechada. Em períodos de chuva, aumentam os transtornos e riscos provocados pelo buraco, que chama atenção pela profundidade. Devido à situação, a via ficou intransitável. Veja vídeo:

Buraco deixa moradores preocupados em Nova Carapina II, na Serra

Segundo apuração do repórter André Falcão, da TV Gazeta, duas famílias precisaram sair de casa devido ao risco de  desabamento de seus imóveis. Durante esses meses que a cratera está aberta os moradores vêm pedindo providências à Prefeitura da Serra.

"Eu antecipei (a mudança) por causa do perigo. Corremos perigo. Eu ia sair em janeiro do ano que vem, mas já estou mudando porque não tem como ficarmos aqui", disse a cozinheira Marli dos Santos à TV Gazeta.

Cratera aberta após rompimento de tubulação na Serra

Buraco deixa moradores preocupados em Nova Carapina II, na Serra
Buraco deixa moradores preocupados em Nova Carapina II, na Serra. Carlos Alberto SIlva
Buraco deixa moradores preocupados em Nova Carapina II, na Serra
Buraco deixa moradores preocupados em Nova Carapina II, na Serra. Carlos Alberto SIlva
Rua Mutum, na Serra, virou uma grande cratera
Rua Mutum, na Serra, virou uma grande cratera. Carlos Alberto SIlva
Buraco deixa moradores preocupados em Nova Carapina II, na Serra
Buraco deixa moradores preocupados em Nova Carapina II, na Serra. Carlos Alberto SIlva
Buraco deixa moradores preocupados em Nova Carapina II, na Serra
Buraco deixa moradores preocupados em Nova Carapina II, na Serra. Carlos Alberto SIlva
Obras para fechar a cratera começaram há oito meses na Serra
Obras para fechar a cratera começaram há oito meses na Serra. Carlos Alberto SIlva
Buraco deixa moradores preocupados em Nova Carapina II, na Serra
Buraco deixa moradores preocupados em Nova Carapina II, na Serra. Carlos Alberto SIlva
Buraco deixa moradores preocupados em Nova Carapina II, na Serra
Buraco deixa moradores preocupados em Nova Carapina II, na Serra. Carlos Alberto SIlva
Obras para fechar a cratera começaram há oito meses na Serra
Obras para fechar a cratera começaram há oito meses na Serra. Carlos Alberto SIlva
Buraco deixa moradores preocupados em Nova Carapina II, na Serra
Buraco deixa moradores preocupados em Nova Carapina II, na Serra. Carlos Alberto SIlva
Buraco deixa moradores preocupados em Nova Carapina II, na Serra
Buraco deixa moradores preocupados em Nova Carapina II, na Serra. Carlos Alberto SIlva
Buraco deixa moradores preocupados em Nova Carapina II, na Serra
Buraco deixa moradores preocupados em Nova Carapina II, na Serra. Carlos Alberto SIlva
Buraco deixa moradores preocupados em Nova Carapina II, na Serra
Buraco deixa moradores preocupados em Nova Carapina II, na Serra
Buraco deixa moradores preocupados em Nova Carapina II, na Serra
Buraco deixa moradores preocupados em Nova Carapina II, na Serra
Buraco deixa moradores preocupados em Nova Carapina II, na Serra
Buraco deixa moradores preocupados em Nova Carapina II, na Serra
Buraco deixa moradores preocupados em Nova Carapina II, na Serra
Buraco deixa moradores preocupados em Nova Carapina II, na Serra
Buraco deixa moradores preocupados em Nova Carapina II, na Serra
Buraco deixa moradores preocupados em Nova Carapina II, na Serra
Buraco deixa moradores preocupados em Nova Carapina II, na Serra
Buraco deixa moradores preocupados em Nova Carapina II, na Serra

No local, há uma placa indicando que "homens estão trabalhando" na obra, mas moradores reclamam da ausência de ação no local. São duas semanas desde a última aparição dos trabalhadores contratados.

Valdir Macedo

Motorista, em entrevista à TV Gazeta

"É dormir com um olho aberto e outro fechado, entendeu? Infelizmente. Porque de uma hora pra outra a gente pode acordar e ter que sair correndo. Eu moro do lado. Duas casas já estão interditadas. Uma coisa que vejo é que a empresa e a prefeitura não fazem nada para que a casa não venha a ceder"

"Engenheiros, encarregados, responsáveis podem chegar em casa, dormirem tranquilos, o que não é a realidade desses moradores. A obra, infelizmente, está parada. A resposta que recebi é que estão construindo um muro, por isso faltam funcionários na obra", afirmou Julimar Souza, líder comunitário.

Cratera foi aberta após rompimento de manilha na Rua Mutum, na Serra
Cratera foi aberta após rompimento de manilha na Rua Mutum, na Serra. Crédito: Oliveira Alves

Prefeitura da Serra informou que, diferente do que disseram os moradores, está trabalhando no local. A administração municipal confirmou que a erosão aconteceu após rompimento de tubulação de drenagem, mas garantiu que as obras, que estão em andamento, devem ser concluídas em dezembro deste ano. A prefeitura disse que a Defesa Civil notificou moradores para desocupação dos imóveis.

A Defesa Civil da Serra informou que todos os imóveis afetados pela queda da via foram interditados e, aos moradores, foi disponibilizado aluguel social.

A reportagem de A Gazeta procurou a Cesan para saber se a companhia tem alguma participação no fechamento da cratera. Não há informações se o abastecimento de água no local está normalizado. Assim que houver retorno, este texto será atualizado.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.