ASSINE

Cirurgias eletivas e consultas ambulatoriais serão retomadas em maio no ES

O retorno é válido tanto para os procedimentos feitos na rede pública quanto os realizados na rede privada. Informação foi confirmada pelo secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes

Publicado em 23/04/2021 às 12h05
Novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) com respirador no Hospital Jayme Santos Neves, na Serra.
Leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) com respirador no Hospital Jayme Santos Neves, na Serra. Crédito: Reprodução/TV

As cirurgias eletivas não essenciais e as consultas ambulatoriais serão retornadas no mês de maio em todo o Espírito Santo. A informação foi confirmada pelo secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, em entrevista coletiva realizada na manhã desta sexta-feira (23). O retorno é válido tanto para os procedimentos feitos na rede pública quanto os realizados na rede privada. As operações estavam suspensas durante o último momento crítico da pandemia de Covid-19 no Espírito Santo. 

“A partir do início do mês de maio serão retomadas as cirurgias eletivas não essenciais em todo o Sistema Único de Saúde, assim como o cesse da vigência da suspensão na rede privada do nosso Estado”, informou Nésio.

De acordo com a última portaria publicada sobre o tema, a suspensão das cirurgias eletivas não essenciais na rede privada vai até o dia 30 de abril, tendo o retorno confirmado pelo secretário.

Nésio também confirmou o retorno das consultas especializadas. “Da mesma forma, as consultas ambulatoriais especializadas que foram suspensas também serão retomadas no início de maio em todo o Estado do Espírito Santo”, disse.

As cirurgias haviam sido suspensas ainda no mês de março pela Secretaria de Estado da Saúde. O objetivo era evitar o colapso do sistema de saúde e a concorrência por recursos – sejam eles medicamentos, leitos ou profissionais capacitados.

Em coletiva de imprensa realizada na última semana, o secretário afirmou que a medida foi importante para a realocação de recursos no combate à Covid-19. “Dessa forma, diversos centros cirúrgicos puderam ser transformados em leitos com uma mobilização extraordinária para ampliação rápida”, disse na ocasião.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Espírito Santo Coronavírus no ES espírito santo Cirurgia

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.