ASSINE

Covid-19: secretário da Saúde atualiza dados sobre a pandemia no ES

O secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, atualiza as informações sobre o enfreamento ao coronavírus no Espírito Santo em coletiva de imprensa nesta sexta-feira (23)

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 23/04/2021 às 10h03

11:03

Fim da transmissão

Nésio Fernandes: "Não havendo mais questões, faço apelo a sociedade capixabas. Diante de qualquer sintoma, procure o serviço de saúde. Pratique o devido isolamento domiciliar. Despeço-me de todos e encerro a coletiva do dia de hoje".


10:58

"Municípios devem registrar informações no sistema no momento da vacina", diz secretário

Nésio Fernandes: "O Espírito Santo, desde o início, recomendou aos municípios que informem e registrem no sistema preferencialmente no momento da vacinação qual dose foi aplicada e a marca da vacina. O registro posterior das doses aumenta o risco de informação equivocada. Então é importante que os municípios trabalhem juntos para que a vacina seja registrada no sistema no momento da aplicação. Isso reduz muito o risco de cruzamento das doses de marcas diferentes".


10:52

Sesa verifica suposta troca de vacinas aplicadas em municípios do ES

Luiz Carlos Reblin: "Estamos verificando a situação. Temos informação de que há nos municípios a troca do registro de uma vacina aplicada e, quando aplica a mesma vacina na pessoa, no registro sai a de outro laboratório. Essa é a situação mais frequente que estamos apurando junto às cidades. Não teria prejuízo nenhum para a pessoa, mas sim para o registro. As demais informações estão sendo verificadas. A princípio, quem perceber essa situação, deve procurar e secretaria municipal de saúde para fazer correções necessárias".


10:50

Cirurgias eletivas não essenciais serão retomadas em maio no ES

Nésio Fernandes: "A partir de maio serão retomadas as cirurgias eletivas não essenciais no sistema público de Saúde. Da mesma forma, consultas ambulatoriais também serão retomadas no início de maio em todo o Estado".


10:47

Secretário recomenda que municípios avancem na ampliação de testagem no ES

Nésio Fernandes: "Somente este ano, tivemos reuniões com todos os secretários municipais de saúde. Como gestão estadual, adotamos diretrizes e estratégias e damos subsídios aos municípios para adotarem melhores práticas. Não é aceitável que neste momento, municípios com testes de antígenos não tenham implementado o teste em toda a atenção básica. Aproximadamente 10 mil testes de antígenos são feitos no Espírito Santo por semana. Temos condições de realizar 8 mil PCRs por dia no nosso Estado. Temos condições de testar todos os contatos assintomáticos dos pacientes que testaram positivo. Essa capacidade está sendo ofertada pelo governo do Estado, e precisa da operacionalização dos municípios".


10:39

"População deve solicitar que profissional mostre a vacina", diz Nésio Fernandes

Nésio Fernandes: "Recomendamos a toda a população que, no momento da vacinação, solicite que o vacinador demonstre a vacina preenchida antes da aplicação, e que após a aplicação apresente a seringa vazia. Isso para garantir plena segurança da população. É muito ruim que a população sinta insegurança diante desse processo. Precisamos que todos os municípios adotem medidas".


10:36

"Ministério da Saúde precisa se mobilizar", diz subsecretário

Luiz Carlos Reblin: "Continuamos aqui prontos para vacinar todos os grupos prioritários em maio, esperamos que o Ministério da Saúde e todas as entidades brasileiras se mobilize para que essa transferência para setembro não ocorra. O Brasil precisa buscar alternativas para manter a produção de doses suficientes".


10:30

Mortalidade hospitalar entre idosos tem queda de 46% no Estado

Nésio Fernandes: "A mortalidade hospitalar entre idosos com mais de 80 anos já alcançou esta semana uma queda de 46% em comparação com períodos anteriores da pandemia. Estamos tendo efeitos positivos por conta da cobertura da vacinação da população idosa no Espírito Santo".


10:28

Secretário detalha sobre vacinação das pessoas com comorbidades no ES

Nésio Fernandes: "Pessoas com doenças raras, com deficiência, com deficit intelectual, pessoas com Síndrome de Down e obesidade mórbida devem estar na primeira linha de vacinação após concluirmos a vacinação dos idosos acima de 60 anos. Além disso, temos avançado no debate, em um consenso, de que avançar na vacinação do grupo de 50 a 59 anos é oportuno para o Brasil. Também precisamos vacinar os proletariados, os trabalhadores".


10:27

Subsecretário comenta efeitos colaterais da vacina da gripe

Luiz Carlos Reblin: "Sobre os efeitos dos efeitos colaterais da vacina da gripe, a maioria dos vacinados tem efeito leve de dor local, febre leve. São considerados efeitos leves. Temos outros, com efeito moderado e, quando vamos investigar, não cortamos relação com a vacina. Estamos monitorando. Em grande maioria, efeitos são leves como em todas as vacinas".

A Gazeta integra o

Saiba mais
Espírito Santo SESA Coronavírus Coronavírus no ES Covid-19 espírito santo nesio fernandes Pandemia

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.