ASSINE

Xuxa é acusada de calúnia por ex-diretora e empresária Marlene Mattos

Em entrevista, apresentadora disse que foi 'enganada, usada, manipulada e roubada'

Publicado em 14/04/2021 às 15h48
Atualizado em 14/04/2021 às 15h48
A apresentadora Xuxa Meneghel
A apresentadora Xuxa Meneghel. Crédito: Blad Meneghel/Reprodução/Instagram @xuxamenegheloficial

Xuxa, 58, é acusada de calúnia pela sua ex-diretora e empresária Marlene Mattos. As duas trabalharam juntas por cerca de 20 anos na Globo. O motivo da ação foi uma entrevista que a apresentadora deu para a revista Veja, em janeiro.

Ao ser questionada se antes de assumir o controle da sua carreira e dos negócios ela teria levado muitos golpes, Xuxa respondeu que "poderia ser duas ou três vezes mais rica" e que foi "enganada, usada, manipulada, roubada".

"Quando falo disso, vem logo a imagem da Marlene, mas não foi só ela. Insisto em dizer que confiei demais em todas as pessoas próximas a mim. Fui passada para trás por coreógrafo, maquiador, fotógrafo. Digo, sem vergonha, que fui inocente, boba, burra mesmo", afirmou ela.

De acordo com o colunista Ancelmo Gois, do jornal O Globo, Mattos registrou um boletim de ocorrência na 42ª DP, no Rio, no dia 29 de janeiro, em que cita o trecho da entrevista. No final de março, a acusação foi encaminhada ao 9º Juizado Especial Criminal, do Tribunal de Justiça do Rio.

Procurada, a assessoria de Xuxa não se pronunciou até a conclusão deste texto.

Justiça Famosos Xuxa Meneghel

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.