ASSINE

Vitória: Museu do Pescador prorroga a exposição "Mulheres"

Mostra de Brenno Baessa é composta de 40 obras de arte  está sendo bastante elogiada, diz coordenador do museu

Publicado em 22/06/2021 às 10h21
Exposição
Exposição "Mulheres", de Brenno Baessa, no Museu do Pescador, em Vitória. Crédito: Divulgação/Semc

A exposição "Mulheres", do artista plástico Brenno Baessa, ficará por mais tempo exposta no Museu Histórico da Ilha das Caieiras "Manoel Passos Lyrio" - o Museu do Pescador. Segundo a Prefeitura de Vitória, a mostra se despediria no último domingo (20), mas por ter sido bastante elogiada, teve prazo prorrogado para exposição até 4 de julho.

"O público tem elogiado bastante a qualidade, as cores e o estilo das obras. Assim, levamos à Semc a proposta da prorrogação e tivemos uma resposta positiva. Estamos felizes em poder proporcionar a mais pessoas conhecer esse belíssimo trabalho", explica o coordenador do Museu do Pescador, Rômullo Souza.

"Mulheres" explora o universo feminino em um dos locais mais bucólicos e tradicionais da Capital capixaba. Quarenta obras constituídas por acrílico e spray sobre tela e papel estão expostas no museu.

"Minha intenção é celebrar, em especial, as mulheres da Ilha das Caieiras, onde vivem as desfiadeiras de siri que preparam a torta capixaba, um dos pratos mais representativos da culinária regional", disse Brenno, que atua na área desde 2015 e já expôs suas obras em países como Estados Unidos, Portugal e Espanha.

"Quem visita o museu percebe nessas mulheres de diversas origens que a Ilha das Caieiras é uma comunidade multicultural. Sua origem é marcada pela presença de brasileiros de outros estados, imigrantes alemães e portugueses misturados aos povos nativos da região. O tributo oferecido às mulheres dessa comunidade é um gesto de respeito e reconhecimento das suas qualidades", finalizou o coordenador.

Exposição
Exposição "Mulheres", de Brenno Baessa, no Museu do Pescador, em Vitória. Crédito: Divulgação/Semc

CUIDADOS

Os protocolos de prevenção ao coronavírus estão sendo rigorosamente seguidos no Museu do Pescador. O local comporta, neste momento, o número máximo de seis pessoas por vez e o uso da máscara em seu interior é obrigatório, bem como o uso de álcool em gel. Um termômetro digital reforça os cuidados com a saúde dos visitantes por meio da medição de temperatura.

O Museu do Pescador funciona das 10 às 18 horas, entre terça e sexta-feira, e das 12 às 16 horas, aos finais de semana. Não é necessário realizar agendamento prévio para visitação.

*Com informações da Prefeitura de Vitória

SERVIÇO

  • EXPOSIÇÃO "MULHERES"
  • O que é: mostra com 40 obras de Brenno Baessa
  • Quanto: até dia 4 de julho
  • Onde: Museu do Pescador - Rua Felicidade Correia dos Santos, 1095, Ilha das Caieiras
  • Funcionamento: Terças às sextas-feiras das 10 às 18 horas. Finais de semana das 12 às 16 horas
  • Entrada: gratuita e sem necessidade de agendamento

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.