ASSINE
Uma jornalista que ama os animais, assim é Rachel Martins. Não é a toa que ela adotou duas gatinhas, a Frida e a Chloé, que são as verdadeiras donas da casa. Escreve semanalmente sobre os benefícios que uma relação como essa é capaz de proporcionar

10 vantagens de aplicar Reiki no seu pet

A terapia alternativa auxilia no tratamento de animais com algum problema de saúde ou comportamental, trazendo mais qualidade de vida ao pet, podendo ser associada, ainda, a outras terapias alternativas, sempre com foco na melhora do bem-estar. É um complemento à medicina veterinária tradicional

Publicado em 24/08/2021 às 02h00
O reiki em animais ajuda a melhorar problemas de saúde e comportamentais
O reiki em animais ajuda a melhorar problemas de saúde e comportamentais. Crédito: Divulgação

O reiki é uma terapia holística muito comum entre nós, os humanos. Mas você sabia que o seu pet também pode aproveitar os benefícios desse tratamento? A qualidade de vida do animal melhora tanto após a utilização desta terapia secular, que cada vez mais aumenta o número de tutores procurando este tratamento alternativo para os seus “filhos de quatro patas”.

A médica veterinária integrativa, Priscila Waib, dona do @reiki_animal, explica que o reiki também pode ser aplicado em plantas, alimentos e até objetos. “Na verdade, em qualquer situação que esteja precisando de energia vital e que será facilmente detectada por um reikiano”, ressalta.

Priscila Waib aplica o reiki animais

Segundo Priscila, são poucas as diferenças entre o reiki aplicado nos humanos em relação ao realizado nos animais. “A energia que flui do terapeuta reikiano até o paciente é a mesma, independente da espécie. As diferenças são pequenas, como a forma de imposição das mãos e o tempo de aplicação. Por exemplo, quando vamos fazer uma sessão em alguma pessoa, explicamos todo o procedimento e solicitamos que se deite confortavelmente, deixe a energia fluir, e quando a sessão finalizar ela será avisada. Já com os animais, geralmente ele não fica deitado até que chegue ao final da aplicação. Portanto, é o pet que conduz a sessão até o final. Tudo depende da receptividade do animal, embora a aplicação neles tende a ser mais rápida do que nos humanos, devido à sensibilidade que possuem de sentir e receber toda a energia ao seu redor”.

A terapia, lembra Priscila, pode ser aplicada em animais de todas as espécies. “Todas elas podem receber a energia do amor incondicional. O que difere é o tamanho do animal e a possibilidade de chegar mais perto ou realizar à distância, se, por exemplo, ele for agressivo, o que, aliás, também tende a melhorar conforme as sessões vão acontecendo”.

O reiki pode ser aplicado em animais de várias espécies, plantas, alimentos e até objetos, em qualquer situação que esteja precisando de energia vital
O reiki pode ser aplicado em animais de várias espécies, plantas, alimentos e até objetos, em qualquer situação que esteja precisando de energia vital. Crédito: Divulgação

É bom salientar que o Reiki, assim como outras terapias, é muito importante, mas vem como uma forma complementar, para agregar o tratamento tradicional. “O reiki auxilia trazendo qualidade de vida e bem-estar aos animais e vai se encaixar dependendo da necessidade de cada um. Por exemplo, os filhotes podem ficar mais calmos e tranquilos, além de ajudá-los a criar um bom sistema imunológico. Já nos idosos vai proporcionar mais qualidade de vida, auxiliando nas possíveis dores e desconfortos da idade, e em animais doentes vai contribuir para a recuperação mais rápida e trazer mais conforto para enfrentar a situação”.

De acordo com Priscila, o reiki pode ser aplicado de duas formas. “O presencial é mais interessante, pois o reikiano vai estar próximo ao animal, possibilitando que fique mais atento aos sinais, aos comportamentos e à receptividade. Porém, no envio do reiki à distância, ele funcionará da mesma forma, porque quando o reikiano inicia o envio, ele utiliza símbolos que permitem com que a energia chegue até o paciente, fazendo com que ela flua, o que permite ao terapeuta sentir a receptividade e quais são os pontos que o animal está mais precisando dessa energia, sentindo nitidamente a hora certa de finalizar a sessão”.

Priscila explica que existem outras terapias que podem ser associadas ao reiki. “O reiki é uma terapia muito sutil, e por isso pode demorar um tempo maior para atuar no físico do paciente, mas quando associado a outras técnicas, tende a ficar mais forte, como, por exemplo, a constelação veterinária, os florais, a comunicação Intuitiva e a terapia cannabica”.

Ela ressalta, ainda, que essas terapias podem complementar (veja no final da matéria os principais benefícios de cada uma) o tratamento tradicional, trazendo um bem-estar maior aos animais que passam por problemas de saúde ou comportamentais.

O reiki pode ser associado a outras terapias alternativas, todas focadas na melhor do bem-estar animal
O reiki pode ser associado a outras terapias alternativas, todas focadas na melhor do bem-estar animal. Crédito: Divulgação

“Eu tive um paciente, o Luck, um Pastor de Shetland, com um ano, que também foi parte do estudo que fiz para o meu TCC com o reiki. Quando o vi pela primeira vez, não consegui chegar muito perto, pois ele tinha muito medo. Era um cachorro que tinha medo até do vento, imunidade baixa, vomitava toda semana e ninguém sabia o porquê, não comia e apresentava sintomas de apatia, porém ninguém conseguia descobrir a causa. A sua tutora tinha alguns sintomas de depressão e medo, coisas bem parecidas com as que o animal apresentava. Fizemos um tratamento de cinco reiki’s presenciais. Após a segunda sessão, ele me deixou chegar mais perto e não vomitou mais até o final do tratamento. Além disso, após a terceira sessão, ele, que nunca tinha conseguido andar de coleira na rua com a tutora, foi embora da clínica na coleira e super tranquilo. Já na quinta sessão, a última, quando fui buscar um feedback com a tutora, ela disse que o sistema imunológico e seus medos tinham melhorado muito. Enfim, era outro animal! Não vomitava mais e estava tão gordinho que até brincou e relatou que iria fazer um regime nele”.

10 vantagens de aplicar o reiki no seu pet

  1. Reduz os níveis de estresse
  2. Melhora o sistema imunológico
  3. Diminui os efeitos colaterais de medicações e quimioterapias
  4. Alivia dores
  5. Acelera processos de cicatrização
  6. Reduz inflamações
  7. Melhora os distúrbios comportamentais
  8. Melhora as doenças de pele
  9. Auxilia no aumento do bem-estar em animais com câncer, distúrbios endócrinos e hepáticos
  10. Auxilia em processos pós-operatórios

Terapias que podem ser realizadas em conjunto com o reiki

Constelação veterinária: consiste em uma prática terapêutica que demonstra, através do sistema familiar ao qual o animal está inserido, quais são os possíveis desequilíbrios (emaranhamentos) que existem e podem estar afetando diretamente na saúde física, mental, emocional e espiritual do animal.

Florais: a terapia floral faz parte de um campo emergente de terapias vibracionais, de características não invasivas, tais como cristais e aromaterapias. Elas atuam em níveis mais sutis, atuando no sistema energético do receptor (independente da espécie).

Comunicação intuitiva entre espécies: É uma técnica que permite abrir um “diálogo” com o animal, possibilitando ao terapeuta fazer “perguntas”, descobrindo, assim, o que o animal está pensando ou querendo dizer ao seu tutor.

Terapia cannabica: é utilizada a partir da utilização do óleo derivado da cannabis Nessa planta existe um grande número de compostos chamados fitocanabinóides que possuem um grande potencial terapêutico, trazendo equilíbrio e homeostase ao organismo do paciente.

Este texto não traduz, necessariamente, a opinião de A Gazeta.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Pets

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.