ASSINE
O cotidiano das nossas cidades, a cultura, a política, a economia e o comportamento da sociedade estão no foco da coluna, que acompanha de perto também as políticas públicas e suas consequências para os cidadãos

Reviravolta no PT: João Coser quer ser candidato a prefeito de Vitória

Coluna apurou que o ex-prefeito da Capital foi estimulado  por Lula e pela direção nacional do partido a disputar a eleição na Capital

Publicado em 05/03/2020 às 17h14
Atualizado em 05/03/2020 às 17h14
João Coser governou Vitória em dois mandatos, de 2015 a 2018. Crédito: Rafael Silva
João Coser governou Vitória em dois mandatos, de 2015 a 2018. Crédito: Rafael Silva

Reviravolta no PT: João Coser vai colocar seu nome à disposição do partido para disputar a Prefeitura de Vitória. Ele está avaliando a conjuntura interna da legenda e o momento político e concluiu que tem chances de conseguir um terceiro mandato na Capital (governou de 2005 a 2012).

Segundo a coluna apurou, o próprio Lula, presidente nacional de honra do partido, e a direção nacional do PT estão estimulando Coser a colocar seu nome à disposição para disputar a eleição municipal.

Mas antes Coser terá que enfrentar a presidente estadual do PT, Jackeline Rocha, que ficou em terceiro lugar na eleição para governador em 2018 e pretende também concorrer à Prefeitura de Vitória. A pré-candidatura da dirigente está mantida, por enquanto.

Mas sempre há uma possibilidade de acordo. Aliás, foi o que aconteceu no ano passado, no processo de eleição da nova direção estadual do PT. O grupo de Coser acabou se aliando ao de Jackeline, que acabou vencendo a disputa (apertadíssima) contra o deputado federal Hélder Salomão por 126 votos a 123.

ATÉ AGORA, MUITOS PRÉ-CANDIDATOS

A eleição de Vitória está literalmente congestionada. Além do PT, muitos partidos já manifestaram intenção de lançar candidatos à sucessão do prefeito Luciano Rezende (Cidadania). Na lista, por enquanto, estão (por ordem alfabética): Amaro Neto (Republicanos); Capitão Assumção (PSL); Cleber Felix (Democratas); Coronel Nylton Rodrigues (Novo); Dr. Pinheiro (Patriota); Fabrício Gandini (Cidadania); Guto Gomes (DC); Lorenzo Pazolini (sem partido); Namy Chequer (PCdoB); Neuzinha (PSDB); Mauro Ribeiro ou Leonardo Mello (PCB); Mazinho dos Anjos (PSD); Roberto Martins (Rede); Sergio Majeski ou Sérgio Sá (PSB).

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.