ASSINE
O cotidiano das nossas cidades, a cultura, a política, a economia e o comportamento da sociedade estão no foco da coluna, que também acompanha de perto as políticas públicas e suas consequências para os cidadãos

Projeto quer garantir absorventes a estudantes de baixa renda no ES

Os itens de higiene seriam entregues às mulheres por meio de cotas mensais

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 03/05/2021 às 17h30
Atualizado em 03/05/2021 às 17h30
Absorvente interno: uso ainda gera dúvidas em muitas mulheres
Absorvente interno: ONU aponta pobreza menstrual em todo o mundo . Crédito: Victor Moussa/Shutterstock

deputado estadual Rafael Favatto (Patriotas) apresentou um projeto de lei que cria o programa de distribuição gratuita de absorventes para todas as alunas das escolas públicas de nível fundamental e médio do Espírito Santo. Os itens de higiene seriam entregues mensalmente por meio de cotas.

A ideia é combater o que a Organização das Nações Unidas (ONU) chama de pobreza menstrual. Segundo o Fundo de População da ONU, a expressão se refere à dificuldade que mulheres de baixa renda enfrentam para ter acesso a produtos para o período menstrual, incluindo absorventes e tampões.

“A educação menstrual precisa ser tratada nos programas de apoio à mulher nas escolas, nos postos de saúde. A falta de conhecimento com a falta de condições financeiras põe a mulher em situação de vulnerabilidade e sérias consequências emocionais”, afirma Favatto.

O parlamentar, que também é médico ginecologista e obstetra, alerta ainda que a falta de acesso a esses produtos e facilidades leva ao risco de infecção no aparelho urinário para essas mulheres.

No Reino Unido, por exemplo, esse projeto já é uma realidade e virou lei.  “Falta de recursos, constrangimento, absenteísmo escolar ou de trabalho, vários problemas estão sendo expostos e cabe a nós, parlamentares, abrir os olhos para uma causa pouco debatida, a chamada pobreza menstrual no Brasil”, diz.

Em Vitória, as vereadoras Camila Valadão (Psol) e Karla Coser (PT) pediram ao prefeito Lorenzo Pazolini (Republicanos) que absorventes higiênicos sejam incluídos em cestas básicas distribuídas pela prefeitura.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.