ASSINE
O cotidiano das nossas cidades, a cultura, a política, a economia e o comportamento da sociedade estão no foco da coluna, que também acompanha de perto as políticas públicas e suas consequências para os cidadãos

Estrutura no alto do prédio da Findes é iluminada pela primeira vez

O finado restaurante giratório, que nunca chegou a ser inaugurado, ficou todo iluminado na noite da última quarta-feira

Publicado em 28/02/2019 às 20h42
Atualizado em 07/10/2019 às 14h14
O teste de iluminação foi realizado na quarta-feira. O FindesLab será inaugurado em setembro. Crédito: Findes/Divulgação
O teste de iluminação foi realizado na quarta-feira. O FindesLab será inaugurado em setembro. Crédito: Findes/Divulgação

O patinho feio da Findes está ficando bonito. O finado restaurante giratório, que nunca chegou a ser inaugurado, ficou todo iluminado na noite da última quarta-feira, pela primeira vez desde que começou a ser construído, há dez anos. Foi um teste de iluminação do futuro FindesLab, um centro de inovação e tecnologia da Federação das Indústrias que está previsto para ser inaugurado em setembro.

O FindesLab abrigará laboratório para desenvolvimento de produtos inovadores, vai custar R$ 9,5 milhões e está sendo custeado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

A obra

A construção do restaurante giratório começou a ser feita um 2009 e custou mais de R$ 17 milhões. Seis anos depois, em 2015, a obra parou após laudos técnicos e um relatório da Controladoria-Geral da União (CGU)  apontarem falhas no projeto e problemas na segurança.

A Findes foi condenada pelo Tribunal de Contas da União a devolver R$ 12,8 milhões gastos na construção ao Sesi. O pagamento está sendo feito em parcelas.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.