ASSINE
O cotidiano das nossas cidades, a cultura, a política, a economia e o comportamento da sociedade estão no foco da coluna, que acompanha de perto também as políticas públicas e suas consequências para os cidadãos

Estado vai instalar laboratório para combate a crimes cibernéticos

Equipamentos  são capazes de fazer perícias em qualquer dispositivo eletrônico

Publicado em 20/10/2019 às 06h00
Atualizado em 20/10/2019 às 06h00
O custo estimado do laboratório fica em torno de R$ 2,7 milhões. Crédito: EBC
O custo estimado do laboratório fica em torno de R$ 2,7 milhões. Crédito: EBC

A Delegacia de Repressão aos Crimes Cibernéticos solicitou à Secretaria de Estado da Segurança Pública e à Polícia Civil a aquisição de um laboratório para combate aos crimes no setor. A licitação deve ser lançada nos próximos meses.

“Com exceção da Polícia Federal e de alguns Ministérios Públicos em outros Estados, nenhuma polícia do país tem esse laboratório”, destaca o delegado titular da DRCC, Brenno Andrade. “Contribuiria muito para a investigação desse tipo de crime aqui no Estado.”

Segundo o delegado, os equipamentos desse laboratório são capazes de fazer perícias em qualquer dispositivo eletrônico, tanto em HD como em celulares, mediante decisão judicial.

Inicialmente, segundo Brenno Andrade, o custo do laboratório ficaria em torno de R$ 2,7 milhões. “Com esse laboratório, a população será beneficiada porque terá uma resposta mais rápida da delegacia da Polícia Civil. Além disso, teremos mais qualidade na prova técnica no processo de investigação.”

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.