ASSINE
O cotidiano das nossas cidades, a cultura, a política, a economia e o comportamento da sociedade estão no foco da coluna, que também acompanha de perto as políticas públicas e suas consequências para os cidadãos

Dr. Hércules decide ficar neutro no 2° turno em Vila Velha

Deputado do MDB apoiou o ex-prefeito Neucimar Fraga (PSD) no primeiro turno

Vitória
Publicado em 20/11/2020 às 19h15
Atualizado em 20/11/2020 às 20h10
Dr. Hércules
Dr. Hércules disse que não se sentiu contemplado nos programas de Max e Arnaldinho. Crédito: Divulgação

Apoiador da candidatura do ex-prefeito Neucimar Fraga (PSD) no primeiro turno, o deputado estadual Hércules Silveira (MDB) anunciou na noite desta sexta-feira (20) que não vai apoiar nenhum dos dois candidatos que chegaram ao segundo turno na corrida eleitoral para a Prefeitura de Vila Velha, o prefeito Max Filho (PSDB) e o vereador Arnaldinho Borgo (Podemos).

O parlamentar, que tem base eleitoral na cidade canela-verde, chegou a abrir mão de ser candidato, na última hora, em favor de Neucimar, que acabou ficando em terceiro lugar no primeiro turno.

“Não identifiquei nos dois candidatos que estão no segundo turno determinação para implantar os três projetos que defendo, que são a saúde itinerante nos bairros, a assistência social com inclusão para os menos favorecidos e a defesa dos animais”, enumerou Dr. Hércules. “Meu candidato perdeu e prefiro ficar neutro.”

Mas, diferentemente do seu aliado, Neucimar Fraga já declarou apoio a Arnaldinho Borgo contra Max, que é rival histórico do ex-prefeito de Vila Velha. 

Mas, segundo prometeu, vai se colocar à disposição do futuro prefeito. “Quem assumir pode contar comigo porque vou continuar ajudando Vila Velha levando recursos para a cidade. Meu mandato está à disposição, independentemente de quem assumir a partir de janeiro”, destacou o emedebista.

Atualização

20 de Novembro de 2020 às 20:05

Logo depois do posicionamento de Hércules no segundo turno em Vila Velha, o vereador Mazinho, que foi candidato a prefeito de Vitória pelo PSD, anunciou que vai apoiar Arnaldinho Borgo (Podemos) contra Max Filho (PSDB). "Conheço Arnaldinho há bastante tempo, ele é jovem e vem com uma pegada empreendedora. Recebo muita reclamação de empreendedores amigos que Vila Velha é uma cidade hostil a quem gera emprego e renda. E o apoio a Arnaldinho vem na linha da minha proposta em Vitória de renovação", justificou Mazinho. Na Capital, o vereador optou pela neutralidade entre Pazolini (Republicanos) e Coser (PT). 

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.