ASSINE
O cotidiano das nossas cidades, a cultura, a política, a economia e o comportamento da sociedade estão no foco da coluna, que também acompanha de perto as políticas públicas e suas consequências para os cidadãos

Defensoria Pública apura falta de água em nove bairros de Vitória

Segundo moradores, problema de abastecimento está ocorrendo no chamado Território do Bem

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 28/04/2021 às 02h02
Atualizado em 28/04/2021 às 02h02
Defensoria pediu à Cesan que esclareça o abastecimento irregular de água em bairros da Capital
Defensoria pediu à Cesan que esclareça os motivos do abastecimento irregular de água em bairros da Capital. Crédito: EBC

Após atender mais de 20 famílias que relataram falta de acesso à água na região do Território do Bem, que contempla nove bairros de Vitória, a Defensoria Pública do Espírito Santo (DPES) pediu informações à Cesan, à Prefeitura de Vitória e à Secretaria de Desenvolvimento da Cidade e Habitação sobre o suposto desabastecimento.

Segundo os moradores, o problema de abastecimento de água na região é antigo. Segundo eles, o abastecimento é feito em apenas uma parte do dia, em muitos casos durante a madrugada. Desde o final do ano passado, o acesso ao recurso tem sido cada vez mais escasso, sendo fornecido em intervalos cada vez maiores. Alguns residentes relataram ainda que estão sem água há duas semanas.

Para evitar que a situação se prolongue e as famílias sejam ainda mais prejudicadas, o Núcleo de Defesa Agrária e Moradia (Nudam) da Defensoria solicita à Cesan que esclareça os motivos da falta de água no Território do Bem e as providências que têm tomado para normalizar a prestação do serviço.

À Prefeitura de Vitória e à Secretaria de Desenvolvimento da Cidade e Habitação a Defensoria pede que sejam informadas, entre as demais solicitações, se há conhecimento do problema de falta de água no Território do Bem; se há projeto para a implementação de um sistema de abastecimento de água nos bairros da região e previsão para a implementação desse projeto.

TERRITÓRIO DO BEM, UMA EXPERIÊNCIA COMUNITÁRIA DE SUCESSO

O Território do Bem, com cerca de 31 mil moradores, é composto pelos bairros de São Benedito, Bairro da Penha, Itararé, Bonfim, Consolação, Gurigica e pelas comunidades de Jaburu, Floresta e Engenharia.

Assim denominado pelos próprios moradores, o Território do Bem se caracteriza pela sua forte organização comunitária, sendo responsável por uma série de iniciativas sociais que se destacam no cenário nacional e até internacional.

O lugar é referência quando o assunto é incentivo ao comércio da região. Circula por lá a moeda do Banco Bem, no intuito de valorizar o consumo local. Os meios de comunicação do bairro anunciam produtos e empreendimentos locais com frequência.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.