ASSINE
O cotidiano das nossas cidades, a cultura, a política, a economia e o comportamento da sociedade estão no foco da coluna, que acompanha de perto também as políticas públicas e suas consequências para os cidadãos

Conheça o “manual de etiqueta” nos supermercados do ES e se proteja do vírus

Atitudes simples, como manter um metro de distância dos clientes e funcionários, é recomendada; até tossir com "estilo" ajuda contra a Covid-19

Publicado em 25/03/2020 às 05h00
Atualizado em 25/03/2020 às 05h01
Pandemia de coronavírus: supermercados amanhecem lotados em Vitória
Clientes fazem compras em um supermercado de Vitória. Crédito: Ricardo Medeiros

A Acaps, a Associação Capixaba dos Supermercados, lançou uma campanha em vídeo pela qual apela ao consumidor para que tome alguns cuidados ao fazer compras durante o período da pandemia do coronavírus.

São regras básicas que devem ser observadas pelas pessoas para que se evite a contaminação da Covid-19. Entre as recomendações, uma muito simples: se for inevitável ir ao supermercado, vá sozinho. Os idosos devem pedir a alguém para fazer a compra para eles.

Além de não ir em grupos às compras, a Acaps recomenda que ao tossir ou espirrar, cubra o rosto com o antebraço. Proteja-se e proteja os demais frequentadores mantendo uma distância de pelo menos um metro dos funcionários e de outros clientes. Não use dinheiro, que é de fácil contaminação. Dê preferência ao pagamento com cartão.

Se for idoso ou fizer parte do grupo de risco para o coronavírus, evite sair de casa e peça alguém para fazer suas compras, ou utilize outros meios, como a compra pela internet.

MEDIDAS RECOMENDADAS AOS SUPERMERCADOS

Com o objetivo de reduzir os riscos de contágio de clientes e funcionários, a Associação de Supermercados recomenda que sejam reforçadas a limpeza das lojas e dos equipamentos e que seja feito um forte trabalho de conscientização dos funcionários, para que eles divulguem as medidas de prevenção contra o coronavírus em suas famílias.

Acaps também pede que, neste momento, o horário de funcionamento das lojas não seja reduzido, para impedir que haja uma maior aglomeração de pessoas no ambiente.

Segundo a Acaps, o setor supermercadista capixaba emprega mais de 40 mil pessoas diretamente em cerca de 1.500 lojas nos 78 municípios. Somados aos empregos indiretos, o setor mobiliza 120 mil postos de trabalho.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.