ASSINE
O cotidiano das nossas cidades, a cultura, a política, a economia e o comportamento da sociedade estão no foco da coluna, que acompanha de perto também as políticas públicas e suas consequências para os cidadãos

Assembleia faz um minuto de silêncio em homenagem a menina morta por bala perdida

Galerias estão repletas de policiais civis, militares e bombeiros que estão acompanhando a reunião da Comissão de Segurança da Casa

Publicado em 10/02/2020 às 11h36
Atualizado em 11/02/2020 às 10h34
Nome da menina assassinada em Vila Velha é exibido no painel da Assembleia. Crédito: Foto do leitor
Nome da menina assassinada em Vila Velha é exibido no painel da Assembleia. Crédito: Foto do leitor

A aguardada reunião da Comissão de Segurança da Assembleia Legislativa começou nesta manhã (10) em tom de luto. A razão foi o brutal assassinato da menina Alice da Silva Almeida, de 3 anos, morta por bala perdida, após confronto na noite de domingo entre criminosos no bairro Dom João Batista, em Vila Velha.

No painel do plenário estava o nome completo da vítima e sua data de nascimento. Logo quando abriu a reunião, tensa pela movimentação de policiais por causa da proposta de aumento salarial por parte do governo aos agentes da segurança, o presidente do colegiado, deputado Delegado Danilo Bahiense (PSL), mandou o recado:

“A Comissão de Segurança deve trabalhar em favor dos mais fracos e fortalecer a segurança da população e as condições de quem atua na linha de frente, nas guerras diárias. Já falamos com a polícia, que já tem a noção da autoria”, declarou o parlamentar.

ASSEMBLEIA ESTÁ LOTADA DE POLICIAIS

As galerias da Assembleia estão repletas de policiais militares, civis e bombeiros militares.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.