ASSINE
O cotidiano das nossas cidades, a cultura, a política, a economia e o comportamento da sociedade estão no foco da coluna, que acompanha de perto também as políticas públicas e suas consequências para os cidadãos

Apenas um deputado "levou falta" na Assembleia desde fevereiro

Na atual legislatura, Pastor Marcos Mansur (PSDB) não compareceu às sessões por três dias consecutivos,  em julho

Publicado em 30/11/2019 às 05h00
Marcos Mansur, o único que teve dias cortados por falta na atual legislatura, que começou em fevereiro. Crédito: Lissa de Paula
Marcos Mansur, o único que teve dias cortados por falta na atual legislatura, que começou em fevereiro. Crédito: Lissa de Paula

Apenas um deputado estadual teve desconto em seu salário, por falta considerada injustificada às sessões da Assembleia na atual legislatura, que começou em 1º de fevereiro. O parlamentar é o Pastor Marcos Mansur (PSDB), que faltou três dias consecutivos em julho: 15, 16 e 17.

Outros deputados tiveram suas faltas abonadas porque a mesa diretora da Casa considerou que foram justificadas. Theodorico Ferraço (DEM), com 10 faltas, é o que teve mais ausências abonadas até 31 de outubro, segundo o Portal da Transparência da Ales.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.