ASSINE
Colunista do jornal A Gazeta e do Gazeta Online

2,8 milhões de pessoas dependem do SUS no Espírito Santo

Publicado em 03/05/2019 às 17h53
Mais da metade da população capixaba utiliza o SUS. Crédito: Divulgação
Mais da metade da população capixaba utiliza o SUS. Crédito: Divulgação

Dados da Agência Nacional de Saúde (ANS) mostram que 2,8 milhões de pessoas dependem dos serviços médicos do Sistema Único de Saúde (SUS) no Espírito Santo. As operadoras que atuam no Estado têm 1.105.860 clientes. A população estimada do ES em 2018, segundo o IBGE, era de 3.972.388 habitantes.

Domínio do coletivo

O tipo de plano de saúde mais comum no Espírito Santo é o coletivo, com um total de 974.989 beneficiários. Já o familiar/individual conta com 125.664 clientes. Ao todo, são 766 operadoras em atividade.

Samu para milhões

O Samu atua em 18 municípios capixabas numa área de 2,2 milhões de habitantes. Em 2018 foram 63.173 envios de ambulância, uma média de 173 atendimentos a cada dia.

Mistério na bomba

Um posto em Vila Velha está vendendo o etanol por R$ 3,39 o litro, enquanto outro posto, em Vitória, está comprando o mesmo combustível por R$ 3,65. Onde está o erro?

Perigo à mesa

A Serra deixou de ser a cidade mais violenta do Estado no item homicídios (está em terceiro lugar), mas passou a ser a segunda mais cara do país para se comer fora.

Por pouco

Por falar nisso, a Serra teve apenas cinco homicídios em abril, mas por pouco o desempenho não foi ainda melhor. É que no dia 28, dois rapazes foram assassinados no Bairro das Laranjeiras.

E aí, Cariacica?

Aliás, uma pergunta que não quer calar: por que na Serra os homicídios estão caindo mês a mês e, em Cariacica, a carnificina continua? Nesta cidade, em abril, foram registrados um assassinato a cada 30 horas, em média.

Vermelha de sangue

A região da Terra Vermelha, em Vila Velha, também vem sendo palco de extermínios. Já foram 15 assassinatos no primeiro quadrimestre do ano. No ano passado, no mesmo período, aconteceram sete.

Acidentes no ES

A Previdência Social gastou cerca de R$ 213 milhões com afastamentos do trabalho no Espírito Santo, entre 2012 e 2108. O Estado, com 81.031 acidentes no período, ocupa o 9° lugar do ranking nacional de registros.

Acidentes no Brasil

Os dados, do Observatório Digital de Saúde e Segurança do Trabalho, também mostram que, no Brasil, foram registrados nesses seis anos 4.503.631 acidentes de trabalho, o equivalente a um acidente a cada 49 segundos.

Pagadores de impostos

Leitor sugere que se pare definitivamente de usar o termo “contribuinte”. Para ele, contribuir é ato de dispêndio voluntário. “A palavra contribuinte foi criada pelo governo para amenizar o pagamento de impostos”, observa.

Missão impossível?

A Secretaria de Educação da Serra contratou psicólogos para ajudar professores a entender os dilemas da adolescência. Boa sorte, doutores.

Tá com pressa?

Estão dizendo por aí que a direção dos Correios mandou para o governo uma carta de protesto contra a privatização da empresa. Deve chegar em 45 dias.

No ar

As empresas aéreas estão fazendo o que querem, cobrando o que querem. E o país (Anac, parlamentares, governo, sociedade), vai continuar assistindo?

O nosso Aécio

Do vereador Aécio Leite (PT) na sessão de segunda-feira na Câmara da Serra: “Ainda bem que a última coisa que tenho de errado é gostar de mulher. Isso aí ele [o prefeito Audifax] vai encontrar minha ficha suja. Agora, o restante? Delegacia, de roubo, de maconha, pode fazer o que ele quiser... ele não vai encontrar!

O nosso Aécio 2

E continuou o nobre vereador-pensador: “ Agora, gostar de mulher eu gosto. Aprendi com meu pai. Ele [o prefeito] não vai me prender por causa disso, não é?! Porque não é crime”.

Meaípe sob ataque

Com o fim do verão, os turistas foram embora de Meaípe. No lugar deles chegaram os mosquitos. Ninguém está aguentando mais lá.

Alô, PT, PSOL e PCdoB!

Quem defende Maduro defende a democracia?

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.