ASSINE
É psicológa, pedagoga e teóloga com doutorado pela PUCSP. Se tornou uma cientista do comportamento para compreender o que move os relacionamentos humanos

Sua profissão e seus negócios refletem sua autoestima

Supere os traumas e comece a fabricar sua nova história com passos e caminhos escolhidos por você

Publicado em 04/06/2021 às 13h16
Vitória, sucesso, conquista
Refletir o seu passado ajuda a ter o foco para a satisfação, autoestima e sucesso. Crédito: Daniel Reche/Pixabay

Nossa vida profissional, a formação da nossa carreira e aquilo em que investimos, não é só "um Negócio”. Nosso negócio é parte da nossa vida produtiva e madura! É a expressão da nossa personalidade, da nossa identidade!

Você trabalha quantas horas por dia? Você é produtivo? Gosta do que faz? Pensa em transitar de carreira? Ama sua profissão, mas ganha pouco e isso te entristece?

Você sabia que seu trabalho reflete a sua infância…suas memórias, sentimentos, experiências e vivências?

Necessitamos olhar para nós e entendermos as escolhas que fizemos, assim como as condições as quais nos submetemos. No fracasso ou no sucesso, estamos aqui, hoje, refletindo o que fomos lá atrás.

Seu sentimento era de indignação para com a sua situação na infância? Você olhava para seus pais e para sua realidade e não aceitava e rejeitava tudo ali que vivia? O que você fez para transformar isso? Você, de fato, modificou ou repete costumeiramente tudo o que passou lá atrás?

A sua posição hoje tem estreita relação com a sua auto estima! O valor que você dá a si mesmo e os valores introjetados em você pelos seus pais!

Pergunto: Você foi rejeitada, viveu abandono e negligência afetiva e isso te calejou em uma pessoa forte e determinada a nunca mais viver a precariedade emocional de outrora? Ou te silenciou na dor e impediu você de superar e hoje você entrega muito e recebe pouco de volta? Trabalha muito e ganha pouco? Exatamente como lá na infância? Você fazia tudo para ser reconhecida, mas nenhum valor seu era visto?

Você acumula muito conhecimento, mil cursos e diplomas, mas isso não reverte em bons salários e estabilidade financeira? Você não consegue pagar suas contas?

Basicamente, você cresceu tendo dúvidas sobre si mesma, insegura e sem coragem para mostrar os talentos. Ouviu muitas críticas, insultos e palavras negativas sobre si, e hoje isso traz um sentimento de "nunca estou preparado"?

Olhe para seu passado e identifique os padrões de antes, que você rejeitava, mas que estão presentes hoje ainda na sua vida. Autoestima tem a ver mais com as sementes do que com as cascas!

Comece a fabricar sua nova história com passos e caminhos escolhidos por você, com força e vigor! A criança medrosa cresceu e precisa se tratar e parar com essa insistência em repetir o que não gosta. A gente repete porque a gente aprendeu assim.

Então, ensine a si mesma novas realidades e possibilidades! Comece hoje!!!!! Faça de você o seu melhor negócio!

Este texto não traduz, necessariamente, a opinião de A Gazeta.

Fique bem opinião

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.