ASSINE
É doutor em Letras, professor e escritor. Seus textos tratam de literatura, grandes nomes do Espírito Santo e atualidades. Escreve quinzenalmente às segundas

Jeanne Bilich saiu da vida à francesa, pela porta da frente, sem esbarrar em ninguém

Na minha última visita a ela, pouco dias antes de partir, fui presenteado com o livro “Tempos Fraturados”, de Eric Hobsbawm, um de seus pensadores preferidos. Jeanne nos ajudava a pensar o zeitgeist, o espírito do tempo

Publicado em 11/04/2022 às 02h00

Para ler essa matéria, junte-se a nós!

Conteúdo exclusivo para assinantes

R$ 1,99

* nos 6 primeiros meses. Depois pague R$ 19,90

Você pode cancelar quando quiser

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.