Benefícios que estão presentes no seu dia a dia. Acompanhe todas as novidades e o que é exclusivo para os sócios do Clube A Gazeta

3 nomes da literatura mundial que você deveria conhecer

Veja autores que deixaram sua marca no mundo e obras essenciais para sua lista de leitura

Vitória
Publicado em 26/02/2024 às 16h11
Leia autores que conquistaram os leitores. Crédito: Freepik
Leia autores que conquistaram os leitores. Crédito: Freepik

A literatura é um universo de histórias com diversas abordagens e perspectivas, capazes de inspirar, desafiar e enriquecer a experiência dos leitores. Por isso, o Skeelo selecionou três autoras que impactaram o mundo dos livros, ganhando prêmios e transcendendo fronteiras espaciais, temporais e culturais com suas obras, ao compartilharem suas visões singulares da sociedade a partir de próprias vivências e repertórios.

1. Harper Lee

Harper Lee, autora de "O Sol é para todos", é reconhecida por sua ilustração da segregação racial e da luta por justiça nos Estados Unidos durante os anos 1930. Sua obra é uma poderosa narrativa que expõe o racismo e a desigualdade por meio dos olhos de uma criança, Scout Finch.

2. Buchi Emecheta

Nigeriana, a autora Buchi Emecheta aborda questões sociais, especialmente relacionadas à condição da mulher na sociedade africana. Em obras como "As alegrias da maternidade”, Emecheta examina temas como maternidade, identidade feminina e o impacto do colonialismo na vida das mulheres africanas.

3. Maya Angelou

Poetisa e escritora estadunidense, Maya Angelou deixou sua marca na literatura ao retratar questões de raça e gênero. Sua autobiografia, "Eu sei por que o pássaro canta na gaiola”, é um retrato poderoso da jornada de Angelou, diante das adversidades que enfrentou para encontrar sua identidade e voz.

Esses três grandes nomes permanecem como destaque na literatura em todas as regiões do mundo por suas obras seguirem suscitando reflexões sociais e morais aos leitores.

Conheça as autoras para além de suas obras de maior destaque no app do Skeelo, com os livros:

  1. A Gazeta - 987slen
    01

    Vá, coloque um vigia, de Harper Lee – José Olympio

    Sinopse: A continuação de O sol é para todos, um dois maiores clássicos da literatura mundial Jean Louise Finch, mais conhecida como Scout, a heroína inesquecível de O sol é para todos, está de volta à sua pequena cidade natal, Maycomb, no Alabama, para visitar o pai, Atticus. Vinte anos se passaram. Estamos em meados dos anos 1950, no começo dos debates sobre segregação, e os Estados Unidos estão divididos em torno de questões raciais. Confrontada com a comunidade que a criou, mas da qual estava afastada desde sua mudança para Nova York, Jean Louise passa a ver sua família e amigos sob nova perspectiva e se espanta com inconsistências referentes à ética e a pensamentos nos âmbitos político, social e familiar. Leia aqui.

  2. A Gazeta - xjxa515g
    02

    Cidadã de segunda classe, de Buchi Emecheta – Dublinense

    Sinopse: Na Nigéria dos anos 60, Adah precisa lutar contra todo tipo de opressão cultural que recai sobre as mulheres. Nesse cenário, a estratégia para conquistar uma vida mais independente para si e seus filhos é a imigração para Londres. O que ela não esperava era encontrar, em um país visto por muitos nigerianos como uma espécie de terra prometida, novos obstáculos tão desafiadores quanto os da terra natal. Além do racismo e da xenofobia que Adah até então não sabia existir, ela se depara com uma recepção nada acolhedora de seus próprios compatriotas, enfrenta a dominação do marido e a violência doméstica e aprende que, dos cidadãos de segunda classe, espera-se apenas submissão. Acesse agora.

  3. A Gazeta - x626ycwn
    03

    Carta a minha filha, de Maya Angelou – Agir

    Sinopse: Carta a minha filha revela o caminho de Maya Angelou em busca da melhor maneira possível de viver e se tornar a personagem principal da própria história. Com seu estilo único, mesclando relato confessional e poesia, ela concebe uma espécie de manual, contando sua trajetória fascinante e também seus anseios para um futuro que está nas mãos das herdeiras de seu legado. Conhecida por estar no front do movimento pelos direitos civis, a autora e ativista não apenas nos dá seu testemunho de luta, mas nos presenteia com um tocante relato de exaltação à vida. Esta edição conta com prefácio inédito da escritora Conceição Evaristo. Leia agora.

Aproveite sua assinatura da Gazeta para conhecer as autoras no aplicativo do Skeelo!

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espirito Santo.