ASSINE
Professora da Ufes, coordenadora da Cátedra Sérgio Vieira de Mello ACNUR/ONU para refugiados e presidente da Comissão de Direitos Humanos da Ufes e da ANDHEP

Calcular o valor da vida humana é sempre uma imoralidade

Eventual reparação por perdas e danos decorrentes da morte ou grave adoecimento de uma pessoa não pode nunca ter o efeito de pagar pela vida perdida, substituindo aquele que se foi

Publicado em 15/09/2021 às 02h02

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.