É engenheiro de produção, cronista e colhereiro. Neste espaço, sempre às sextas-feiras, crônicas sobre a cidade e a vida em família têm destaque, assim como um olhar sobre os acontecimentos do país

Pouca gente já se deu conta de que adora colheres

Aprendi com um professor alemão de design de joias, dono de uma belíssima coleção delas, que essa atração tem motivações e origens ancestrais: a colher era o primeiro objeto que a criança tomava contato na vida

Publicado em 05/04/2024 às 01h30