ASSINE

O dia em que um robô da Nasa foi acordado ao som da Banda Casaca em Marte

Sucesso no pouso da sonda "Perseverance" nesta quinta-feira (18) em solo marciano trouxe à tona o feito do grupo capixaba, que em 2004 teve o hit "Da da da" tocado para acordar o robô Spirit; relembre esta história

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 19/02/2021 às 12h11
Casaca
Em 2004, a canção "Da da da", da banda capixaba Casaca, da Barra do Jucu, acordou a sonda Spirit, em Marte. Crédito: Divulgação/USGS Astrogeology Center, Divulgação/Casaca e Montagem/AG

Nesta quinta-feira (18), a Agência Espacial Norte-Americana, a Nasa, obteve êxito ao conseguir com que o robô Perseverance (perseverança, em português) não só pousasse em Marte, como também já iniciasse a exploração do solo e atmosfera do planeta, além de encontrar sinais de vida antiga por lá. O fato despertou a atenção de inúmeras pessoas ao redor do mundo e foi acompanhada ao vivo também pelos capixabas, porém nada comparável ao que ocorreu no dia 10 de janeiro de 2004.

Nesta data, em outra missão espacial, a então sonda Spirit aterrissou em Marte, após dias de viagem pelo espaço. Após o primeiro dia no planeta vizinho, o robô foi acordado ao som de uma música, mas não qualquer canção: o batuque escolhido foi o inconfundível "Da da da", escrito pelo cantor e compositor Renato Casanova, da Banda Casaca.

RELEMBRE

O grupo musical criado na Barra do Jucu no início dos anos 2000 teve a honra de ter a música selecionada e literalmente ganhou o mundo. Após o sucesso e inúmeras reportagens locais, nacionais e até internacionais, a Banda Casaca viu crescer o número de shows e até turnês realizou fora do país graças à mescla de congo, com pitadas de reggae e rock tocada em Marte quatro anos depois da criação do conjunto.

"BAIRRISMO"

A definição pela música não foi aleatória. Integrante do projeto da sonda Spirit, o físico capixaba Paulo Antônio de Souza Júnior foi o responsável por colocar o hit da banda de Vila Velha para o despertar do robô. Fã do Casaca, ele sugeriu que a canção fosse colocada.

Nasa
O físico capixaba Paulo Antônio de Souza Júnior foi o responsável por fazer com que a música da Banda Casaca tocasse em Marte no ano de 2004. Crédito: Divulgação

Em entrevista ao Jornal Nacional da época e ainda surpreendidos com o sucesso repentino, a Banda Casaca comemorou o feito interplanetário. "Eu só espero que o robô tenha acordado assim... nos seus melhores dias", brincou Renato Casanova na ocasião.

Sucesso à parte, desde então o grupo de Vila Velha pode se gabar de um feito: por um dia uma composição própria foi a mais tocada em um planeta, ainda que este não fosse a Terra. Parafraseando o nome do robô em Marte, por que não perseverar e acreditar que o "Da da da" ecoe novamente no Planeta Vermelho?

A Gazeta integra o

Saiba mais
Espírito Santo Música barra do jucu capixaba capixaba capixapedia espírito santo

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.