ASSINE

Lula e Bolsonaro dividem apoio de artistas: saiba o voto dos famosos

Apesar de muitos artistas preferirem não se posicionar politicamente, meses antes do início da propaganda já é considerável a quantidade formadores de opinião que declararam publicamente suas intenções de voto

Tempo de leitura: 3min
Publicado em 22/05/2022 às 15h47

Quem vai ser o próximo presidente do Brasil? Impossível dizer, mas a única certeza sobre as eleições tem uma base histórica: a disputa entre Jair Bolsonaro (PL) e Lula (PT) deve seguir exemplos de votações anteriores e se acirrar ainda mais depois do horário eleitoral gratuito, a partir de agosto.

Apesar de muitos artistas preferirem não se posicionar politicamente, meses antes do início da propaganda já é considerável a quantidade formadores de opinião que declararam publicamente suas intenções de voto - seja nas redes sociais, em entrevistas ou shows.

O ex-presidente Lula parece ter até aqui o maior apoio da classe artística. Já declararam abertamente que vão de 13 nas urnas nomes como Pabllo Vittar, José de Abreu (um petista histórico), Daniela Mercury e Silvero Pereira, além de Teresa Cristina, Duda Beat, Lenine, Chico César, Gilberto Gil e sua família, entre outros. Alguns deles, aliás, já entraram oficialmente na campanha do petista ao gravar a nova versão do clipe do jingle "Lula Lá".

Caetano Veloso chegou a declarar seu voto em rede nacional quando foi entrevistado pelo programa da TV Cultura Roda Viva, em dezembro de 2021. O músico e a mulher, a empresária e produtora Paula Lavigne, ratificaram seu apoio ao encontrar Lula e a socióloga Rosângela da Silva, a Janja, antes do casamento de ambos, no apartamento em que moram, em São Paulo.

Uma disputa particular entre Lula e Bolsonaro na eleição para vereador no ES
Lula e Bolsonaro. Crédito: Divulgação

Zeca Pagodinho não encontra Lula pessoalmente há algum tempo, mas no carnaval demonstrou descontentamento com os rumos do país sob o comando de Bolsonaro e cogitou ir embora do Brasil caso o presidente consiga se reeleger. Ele e Lula se conhecem há tempos, e o petista costuma telefonar para Zeca em ocasiões importantes - a mais recente foi em fevereiro, no aniversário do músico.

Do lado ideologicamente oposto, entre aqueles que defendem o governo e a reeleição de Jair Bolsonaro, estão nomes como Latino, Thiago Gagliasso e Ratinho. A modelo Andressa Urach é uma de suas mais ferrenhas admiradoras e cogitou dar o nome dele ao filho recém-nascido como revelou durante conversa pelas redes sociais.

É entre os sertanejos que o bolsonarismo tem mais apoio, incluindo neste balaio músicos de várias gerações, como Amado Batista, Chrystian, que formava dupla com o irmão, Ralf, e o cantor Sérgio Reis.

Em agosto de 2021, Reis vazou um áudio em que Reis fazia ameaças contra ministros do Supremo Tribunal Federal e convocava defensores do presidente para uma manifestação em Brasília. "Se em 30 dias eles não tirarem aqueles caras [ministros do STF], vamos invadir, quebrar tudo e tirar os caras na marra", disse, na época.

Zezé di Camargo também foi às redes em 2021 para chamar a população para as manifestações pró-Bolsonaro e pedir pela volta do voto impresso, uma das obsessões do presidente.

Por ainda não haver um nome de consenso para a chamada terceira via, não está muito evidente o voto em outro candidato por parte dos famosos. No final de 2021, quando parecia mais viável a candidatura de Sergio Moro pelo Podemos, o ator Carlos Vereza manifestou apoio. Já Fábio Porchat e Tico Santa Cruz demonstravam interesse em apoiar Ciro Gomes (PDT).

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.