ASSINE

Cinco categorias serão contempladas na premiação

Poderão concorrer moradores de 35 municípios das áreas de cobertura da TV Gazeta Norte e TV Gazeta Noroeste.

Publicado em 07/06/2021 às 08h14

Ao todo, serão cinco as categorias condecoradas pelo Prêmio Biguá de Sustentabilidade em cada uma das duas regiões (Norte e Noroeste). A diretora das Regionais Norte e Noroeste da TV Gazeta, Maria Helena Vargas, é quem explica quais são as categorias e a relevância de cada uma no projeto.

Segundo ela, uma das categorias é de Produtor Rural, “importantíssima pela relação direta com a água e o solo no seu meio produtivo”. A segunda, Práticas Sustentáveis do 1º ao 9º ano Escolar, contempla os “adultos de amanhã, que já devem crescer entendendo e valorizando o papel do meio ambiente”. Outra categoria é da Sociedade Civil, pois “todos somos beneficiados pelos recursos oferecidos pela natureza e devemos ter consciência do nosso impacto na utilização dos serviços ambientais”. O quarto segmento concorrente é de Empreendedor Ambiental, contemplando as empresas, “pois também usufruem dos recursos naturais em seus meios de produção”. Por fim, a categoria Poder Público. A diretora lembra que a Constituição Brasileira define que Estados e Municípios são responsáveis pelo uso do solo e pela área de saneamento, por isso também têm grande responsabilidade em relação às políticas de gestão ambiental.

Ela acrescenta que poderão concorrer moradores dos 14 municípios da área de cobertura da TV Gazeta, no Norte, e dos 21 municípios das áreas de cobertura da emissora, no Noroeste.

As ações ou projetos inscritos deverão ser de caráter ambiental, com atividades que possibilitem a proteção, manutenção e a recuperação do meio ambiente; a manutenção e proteção de nascentes, lagoas, córregos, rios, restingas, mangues e florestas, com recuperação de áreas degradadas; a coleta, redução, reutilização e reciclagem de resíduos líquidos ou sólidos; ou a educação ambiental nas comunidades e escolas.

Os candidatos também deverão relatar a história da ação ou projeto concorrente, revelando objetivos, desafios encontrados, metas estabelecidas, resultados alcançados e público atingido.

Ao difundir esses cases de sucesso, envolvendo categorias tão diversas, o Prêmio Biguá quer mobilizar produtores rurais, prefeituras, professores, alunos, empreendedores e cidadãos comuns, mostrando a importância de cada ator da sociedade na preservação do meio ambiente.

Desde que foi lançado, o projeto já premiou mais de 40 pessoas ou instituições com ideias que foram colocadas em prática e estão contribuindo para melhorar a qualidade de vida de todos e, especialmente, do planeta.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.